You are on page 1of 2

14/11/2012 - 12h00

Economia criativa paga quase trs vezes


mais que mdia nacional, diz Firan
PEDRO SOARES
DO RIO
Ter a criatividade como a matria-prima do seu trabalho gera bons rendimentos,
segundo pesquisa da Firjan (Federao das Indstria do Estado do Rio) divulgada
nesta quarta-feira (14). Os profissionais da chamada indstria criativa tinham, em 2011,
uma remunerao mdia quase trs vezes superior mdia nacional.
O rendimento mdio de profissionais de reas como artes, msica, pesquisa e
desenvolvimento, design, engenharia e arquitetura (projetos), computao, mdia e
outros chegava a R$ 4.693, acima da mdia de R$ 1.733 de todos os trabalhadores
formais do pas.
Dos 14 segmentos criativos analisados pela pesquisa, 11 tinham salrios acima da
mdia nacional. Apenas as reas de filme e vdeo (R$ 1.661), moda (R$ 1.193) e
expresses Culturais (R$ 939), que inclui o artesanato, apresentam remuneraes
menores.
No topo, figurava a rea de pesquisa e desenvolvimento, com salrios mdio de R$
8.885, seguido por arquitetura e engenharia (R$ 7.518), software, computao e
telecom (R$ 4.536), publicidade (R$ 4.462), biotecnologia (R$ 4.258), mercado editorial
(R$ 3.324), artes cnicas (R$ 2.767), design (R$ 2.363), artes (R$ 2.195), televiso e
rdio (R$ 2.015) e msica (R$ 1.944).
Para Gabriel Pinto, especialista da Firjan, a maioria desses segmentos exige mo de
obra qualificada e, com a oferta restrita desses profissionais, as empresas tiveram de
pagar salrios mais altos.
Entre as profisses, os maiores salrios eram de gelogos e geofsicos (pesquisa e
desenvolvimento), com remunerao mdia de R$ 11.385, quase sete vezes superior
mdia nacional. Em seguida, vieram diretor de programas de televiso (R$ 10.753) e
ator (R$ 10.348).
O Rio de Janeiro tinha o maior salrio dos segmentos da indstria criativa (R$ 7.275),
puxado pelas reas de pesquisa e desenvolvimento, arquitetura e engenharia (R$
10.809) e artes cnicas. Em seguida, ficaram Distrito Federal (R$ 5.832) e So Paulo
(R$ 5.037), com destaque para a rea de publicidade e pesquisa e desenvolvimento.
Endereo da pgina:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1185457-economia-criativa-paga-quase-tres-vezes-mais-que-media-
nacional-diz-firjan.shtml
Copyright Folha de S. Paulo. Todos os direitos reservados. proibida a reproduo do contedo desta
pgina em qualquer meio de comunicaao, eletrnico ou impresso, sem autorizao escrita da Folha de S.
Folha de S.Paulo - Mercado - Economia criativa paga quase trs vezes ... http://tools.folha.com.br/print?url=http://www1.folha.uol.com.br/merca...
1 de 2 5/5/2014 14:22
Paulo.
Folha de S.Paulo - Mercado - Economia criativa paga quase trs vezes ... http://tools.folha.com.br/print?url=http://www1.folha.uol.com.br/merca...
2 de 2 5/5/2014 14:22