You are on page 1of 4

(Sessão 3)

Tarefa 1: Planificação de um Workshop formativo de apresentação do Modelo de Auto-Avaliação da


Biblioteca Escolar ao Agrupamento de Escolas Gândara Mar - Tocha

Workshop formativo (planificação)

Objectivos:
- informar o Conselho Pedagógico e o Agrupamento da pertinência de um modelo de
Avaliação aplicado à BE;
- apresentar os conceitos implicados na construção do Modelo de Auto-Avaliação
proposto pela RBE;
- dar a conhecer a estrutura e a organização funcional do modelo vigente;
- comunicar o plano de operacionalização deste modelo à escola, tendo em conta a
sua realidade e a Biblioteca;
- sensibilizar todos os stakeholders para a necessidade de um trabalho colaborativo,
que mobilize a escola para a planificação e implementação de novas práticas e a
recolha de evidências;

Destinatários do Workshop:
- elementos constituintes do Conselho Pedagógico, uma vez que os mesmos têm
responsabilidades ao nível da implementação dos curricula, da coordenação,
planificação e monitorização dos resultados escolares dos alunos / avaliação;

- a acção poderá ser replicada designadamente junto dos Concelhos de Docentes


(1ºCEB), Departamentos Curriculares e junto do Conselho de Directores de Turma
(caso alguns destes grupos manifestem interesse em obter um conhecimento mais
detalhado das implicações do Modelo de Avaliação na Biblioteca e para a Escola /
Agrupamento)

Metodologia do Workshop:

Este workshop será essencialmente expositivo, tendo por base a exibição e


explanação de aspectos fundamentais inerentes ao Modelo de Avaliação,
recorrendo-se para o efeito a uma apresentação em PowerPoint.

No final, será proporcionado um debate de ideias, de forma a clarificar algumas


dúvidas dos presentes a permitir que os mesmos possam avançar com sugestões de
trabalho (passando assim a assumir-se como verdadeiros “parceiros” na construção /
aplicação deste modelo que, afinal, também os envolve).

Formando: João Paulo Martins – DREC, Turma 3


(Sessão 3)
Tarefa 1: Planificação de um Workshop formativo de apresentação do Modelo de Auto-Avaliação da
Biblioteca Escolar ao Agrupamento de Escolas Gândara Mar - Tocha

Recursos:
- a Sala A2, onde habitualmente se realizam as sessões do Conselho Pedagógico;
- um projector multimédia;
- um computador;
- um documento em PowerPoint contendo a Apresentação do Modelo;
- uma versão impressa do Modelo de Avaliação;

Documentação a produzir:
Apresentação em Ms PowerPoint:
Tópicos / conteúdos (índice):
1. Porquê um modelo de Avaliação para a Biblioteca Escolar?
- o paradigma de BE anterior e o actual;
- uma biblioteca de qualidade

2. Que conceitos estão implicados na missão desta “nova” biblioteca que


queremos avaliar?
- a “evidence based practice”;
- uma avaliação centrada nos outcomes (resultados, impactos);
- o impacto qualitativo da BE na escola (aferição das modificações positivas
que o seu funcionamento tem nas atitudes, valores e conhecimento dos
utilizadores);

3. Quais são os objectivos e vantagens inerentes à implementação de um


modelo de Autoavaliação?
- o Modelo de Avaliação como:
- instrumento pedagógico, regulador, indispensável à gestão e
procura de melhoria contínua da BE;
- instrumento estruturado em torno de áreas nucleares do
trabalho da BE;
- instrumento orientador do trabalho a desenvolver em cada uma
das áreas, com indicação dos factores críticos de sucesso e
sugestão de eventuais acções para melhoria;

Formando: João Paulo Martins – DREC, Turma 3


(Sessão 3)
Tarefa 1: Planificação de um Workshop formativo de apresentação do Modelo de Auto-Avaliação da
Biblioteca Escolar ao Agrupamento de Escolas Gândara Mar - Tocha

- instrumento que aponta para a recolha sistemática de


evidências, sua análise e, caso seja necessário, mudança de
práticas;
- Objectivos:
- identificar pontos fracos ou menos desenvolvidos na BE;
- avaliar o trabalho da BE e o seu impacto no funcionamento da
escola e nas aprendizagens;
- melhorar comportamentos;
- repensar práticas;
- redefinir metas;
- comunicar e envolver a Escola;
- melhorar os resultados gerais da Escola.

4. Como está estruturado e como se processa a implementação deste Modelo?


- Estrutura:
- os 4 domínios e respectivos sub-domínios de intervenção da
BE:
A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular
A.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de
coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes
A. 2 Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital
B. Leitura e Literacia
C. Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de Abertura à
Comunidade
C.1 Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento
curricular
C.2 Projectos e parcerias
D. Gestão da Biblioteca Escolar
D.1 Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços
prestados pela BE
D.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços
D.3 Gestão da colecção/da informação
- Implementação:
- etapas (…)
- a avaliação processa-se num ciclo de 4 anos/1 domínio
diferente para cada ano;

Formando: João Paulo Martins – DREC, Turma 3


(Sessão 3)
Tarefa 1: Planificação de um Workshop formativo de apresentação do Modelo de Auto-Avaliação da
Biblioteca Escolar ao Agrupamento de Escolas Gândara Mar - Tocha

- trata-se de um processo regulador que envolve toda a Escola,


não estando só dependente do trabalho do professor bibliotecário
ou da equipa.

5. Como se faz a gestão participada das mudanças?


- o envolvimento de toda a escola;
- a recolha de evidências (várias fontes)
- a análise e comunicação de resultados;
- a melhoria das práticas (redefinir objectivos, modificar estratégias);

Formando: João Paulo Martins

Formando: João Paulo Martins – DREC, Turma 3