Louis Kahn

³Registar naquilo que se faz o modo como é feito ´ Kahn reintroduziu a antiga noção de massa com a estrutura abertamente assumida como suporte de peso. Influenciado por ruínas antigas, seu estilo tende aos edifícios monumentais, pesados, que não escondam seu peso, seus materiais, nem a maneira como são montados (Novo Brutalismo). Ele não é historicista, porém t enta reproduzir em sua obra temas discutidos acerca de aspectos históricos ou presentes no passado, como a monumentalidade, forma, ordem, luz, etc. Obras: Centro de Arte Universitário de Yale (primeiro edifício) Instituto Salk para pesquisas biológicas Palácio da Assembléia, Dacca

A sua obra caracteriza-se por combinações de formas geométricas puras, por vezes inspirando-se na arquitetura clássica ou medieval, e uma utilização expressiva dos materiais no seu estado bruto, combinando por exemplo o concreto com o tijolo ou a madeira. Suas obras possuem um método compositivo clássico que consiste no emprego de estratos sucessivos ± caixas dentro de caixas ± mas que resulta em edifícios com forma compacta e centralizada. Para ele a luz, conjugada com a estrutura, confere a qualificação aos espaços. Admirava Le Corbusier. Estudou a arquitetura romana. Para ele é preciso recuperar a idéia de centro e de hierarquia nas formas arquitetônicas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful