You are on page 1of 15

! !

"!

1
TEXTO 1

Como prevenir incêndios?


Os funcionários da fábrica são avisados de que vai haver um curso de
prevenção de incêndios. O curso começa com um bombeiro falando sobre o
fogo. Um dos maiores marcos da história da humanidade foi, sem dúvida, o
domínio do fogo pelo homem. A partir daí ele pôde se aquecer, cozinhar os
alimentos e também fundir o metal para fabricar utensílios e máquinas,
tornando possível o desenvolvimento. No entanto, esse fogo que constrói pode
destruir muito, inclusive vidas humanas. E ainda hoje, quando o fogo ameaça,
a reação do homem moderno é idêntica à do homem primitivo: fugir. O homem
primitivo fugia por desconhecer a natureza do fogo. Já o homem moderno
conhece as origens do fogo e todas as maneiras de combatê-lo. Todos sabemos que fugir é a atitude mais
errada, uma vez que o fogo sempre começa pequeno, com exceção das grandes explosões e o homem
conhece a natureza do fogo e possui os equipamentos necessários para combatê-lo.
Como se forma o fogo?
Normalmente, para haver fogo é necessário a existência de três elementos essenciais:
1. Combustível = Combustível é o material que queima. Pode ser sólido, líquido e gasoso.
2. Calor (FONTE DE IGNIÇÃO) = Calor é o elemento que dá início ao fogo, que o mantém e até amplia sua
propagação.
3. Oxigênio (COMBURENTE) = Oxigênio é o elemento que alimenta as chamas, intensificando-as. O
oxigênio não é combustível; ele alimenta a combustão.

Quando as substâncias estão no estado gasoso, é muito mais fácil elas pegarem fogo. É por isso que os
gases são muito perigosos. Os líquidos inflamáveis são aqueles que se transformam facilmente em gás ,
como a gasolina, o álcool e outros solventes. Esses também são muito perigosos. É comum acontecerem
vazamentos de gás de cozinha quando não há ninguém em casa. Quando alguém chega e acende a luz, a
faísca que salta no interruptor de luz pode iniciar a combustão. É o princípio do isqueiro a gás. A faísca dá
início à combustão do gás que sai do isqueiro.
Fonte: Material Telecurso 2000 disponível em <http://novotelecurso.blogspot.com/2010/07/quimica-ensino-medio.html>

TEXTO 2
Cristais de gelo e glóbulos de gordura: não há quem não adore! Todos nós somos
doidos por sorvetes, uma das mais gostosas invenções da humanidade. Embora possa
ser encontrado em qualquer esquina, o sorvete é um verdadeiro fenômeno químico:
diversas fases heterogêneas que, macroscopicamente, formam uma deliciosa massa
homogênea e cremosa.
Uma coisa é certa, e todos concordamos: sorvete é gostoso. Mesmo o imperador
romano Nero, no século IV antes de cristo, era um adepto: costumava enviar soldados até
as montanhas para conseguir neve - misturando sucos de frutas, neve e mel, Nero tinha
um protótipo do que hoje chamamos de sorvetes. Dentre as várias novidades trazidas pelo aventureiro Marco
Polo quando foi para a China, estavam várias receitas de sorvetes - e isto foi antes de 1300!
Entretanto, foi somente lá pelo século XVII que o sorvete passou a ser feito sem o auxílio da neve; com a
descoberta de que o sal pode abaixar a temperatura de fusão da água o advento da fabricação do sorvete
surgiu. Já por volta de 1800, vários restaurantes e cafés da europa, principalmente na França, passaram a
oferecer sorvetes no seu menu. E, em 1851, a primeira fábrica de sorvete, em Baltimore, foi fundada. Poucos
anos depois, a refrigeração mecânica (os freezers) foram introduzidos, e sorveterias se proliferaram pelo
mundo inteiro.
Disponível em < http://www.qmc.ufsc.br/qmcweb/artigos/tematico/fscqmc.html

2
TEXTO 3
Por que a pipoca estoura?
(pressão de vapor)

O milho de pipoca contém umidade no interior de seus grãos. Quando aquecemos o


milho ,esta umidade se transforma em vapor d’agua,que fica preso pelo pericárpio,a
membrana que reveste a semente. Quanto maior a temperatura,maior a pressão de vapor dentro da
membrana. Quando a temperatura chega em torno de 177 ºC,a membrana se rompe e o amido cozido sai para
fora a todo vapor. É como se fosse uma panela de pressão que não resiste à pressão interna. Caso o milho
tenha qualquer dano na membrana que permita o escape do vapor ,ele não estoura,ficando no fundo da panela
na forma de um malfadado piruá.

TEXTO 4
Por que as mãos e os pés ficam enrugados dentro d´agua?
(propriedades coligativas)

Esse fato se dá devido à osmose ,que faz com que um solvente tenha uma tendência a passar do meio
menos concentrado( hipotônico ) para o mais concentrado (hipertônico). No caso, o meio hipotônico é a água e
o hipertônico são as células da pele.
Ao deixar o corpo muito tempo em contato com a água , aquelas áreas da pele menos impermeabilizadas,
ou seja, que não possuem glândulas sebáceas,tendem a absorver maior quantidade de água por osmose. É o
caso da ponta dos dedos,da sola dos pés e da palma das mãos. Além disso,as células mortas, presentes em
grande quantidade nessas áreas,deixam a pele mais grossa e formam umas espécies de barreiras que
impedem os espalhamento mais homogêneo da água. O resultado é o enrugamento da pele.
A osmose é uma das chamadas propriedades coligativas , um conjunto de fenômenos muito estudado na
Química, e muito importante no dia a dia.

TEXTO 5
Por que o focinho dos cachorros é sempre frio?
(Reações ENDO e EXOTERMICAS)
Frio e úmido!
Os cachorros transpiram , basicamente, pelas almofadas nos dedos, pelas plantas dos
pés e pela ponta do focinho. Essas três áreas,sem pêlos, concentram as glândulas
sudoríparas do animal e, aliadas à transpiração feita quando ele respira com a boca aberta,
são a principal maneira de trocar calor com o ambiente.
A presença dessas glândulas na ponta do focinho faz com que ele esteja sempre molhado, evitando
ressecamento. Como a evaporação da umidade é um processo endotérmico, ou seja, absorve calor (no caso,
da pele do animal), o focinho se mantém sempre frio.

TEXTO 6

Por que a água não pega fogo?


A água não pega fogo porque combustão significa reagir com oxigênio,e a água já tem,em suas
moléculas,oxigênio suficiente.
As reações de combustão se caracterizam,basicamente, pelo consumo de oxigênio (por isso não adianta
querer queimar um papel na lua) e pela liberação de calor, o chamado calor ou energia de combustão. Quanto
maior a capacidade da substãncia de reagir com oxigênio, maior o seu poder combustível e,
conseqüentemente, maior seu calor de combustão. Como exemplo, apenas examinando a fórmula do gás
metano(CH4) e do gás carbônico ( CO2), procure identificar qual deles é melhor combustível.
Se você pensou metano, acertou. Ele é capaz de reagir com oxigênio formando CO2. O CO2 por sua vez,
que já tem oxigênio suficiente em sua molécula,não queima mais.

3
TEXTO 7

Como funcionam os comprimidos efervescentes?


Geralmente eles possuem,em sua fórmula,bicarbonato de sódio e ácido cítrico. Esses
dois componentes já reagem entre si ,mas a uma velocidade muito lenta. É como se a reação
ficasse suspensa,até que acrescentamos água. Daí em diante, o aumento da velocidade da
reação provoca o rápido surgimento de bolhas de gás carbônico,produto da reação,que ao
saírem, do líquido dão o efeito tão conhecido da efervescência.

TEXTO 8

Por que as maçãs escurecem?


Devido à transformação de uma substância de cor clara, a orto-hidroquinona , em
outra, de cor escura, a orto-benzoquinona. Presente também na banana, a orto-
hidroquinona reage com o oxigênio do ar, quando descascamos ou cortamos essas frutas,
produzindo a substância escura.
O mecanismo da reação é complexo, envolvendo ainda a presença de uma enzima (espécie de
catalisador biológico), graças à qual a reação ocorre tão rápido.
Como essa enzima é inibida pela presença de ácidos,algumas gotas de limão ou fatias de laranja (essas
duas frutas contêm ácido cítrico) sobre a salada acabam fazendo com que ela demore mais a escurecer.

Questão 01
Recentemente, ocorreu uma explosão acidental em uma fábrica de revestimento de polietileno instalada nos
Estados Unidos, provocando a morte de dois funcionários. Inicialmente foi levantada a hipótese de sabotagem,
mas depois de algum tempo foi constatado que após anos de funcionamento, uma poeira de polietileno se
acumulou no filtro do ar condicionado, que, associada à uma faísca, causou a explosão.
Em relação a esse acontecimento, podemos afirmar, EXCETO:
a) As partículas em forma de pó reagem mais rapidamente durante a reação de combustão.
b) O aumento da superfície de contato não diminui a energia de ativação.
c) A forma de pó aumenta a superfície de contato, o que facilita a reação de combustão.
d) O calor liberado na queima de 1 kg de polietileno em forma de pó é o mesmo em relação ao polietileno
maciço.
e) A quantidade de calor liberado por grama aumenta na forma de pó, por isso houve a explosão.

Questão 02
O aumento da velocidade de uma reação pode ser causado pelos seguintes fatores, EXCETO:
a) Superfície de contato. c) Concentração.
b) Catalisador. d) Massa.

Questão 03
As ‘’bombinhas’’ são muito comuns em festas juninas. Uma dessas bombas é conhecida como traque, e para
explodir basta uma pequena colisão quando jogada ao chão. Essa colisão fornece a(o.)............... necessária(o)
para que o processo ocorra. A alternativa que preenche corretamente a lacuna é
a) temperatura. b) superfície de contato.
b) energia de ativação. d) catalisador.

Questão 04
Em dois experimentos distintos foram adicionadas quantidades iguais de uma solução ácida de mesma
concentração a duas amostras de ferro de mesma massa. O ferro reage com ácidos, liberando hidrogênio
gasoso. No experimento A, o ferro foi utilizado sob a forma de lâminas e, no experimento B, sob a forma de
um pó finamente dividido. Em relação ao experimento podemos afirmar, EXCETO:
a) A quantidade de hidrogênio produzida nos dois experimentos, após o término da reação é a mesma.
b) A reação ocorre mais rapidamente com o ferro em forma de pó.
c) A reação ocorre mais lentamente com o ferro em forma de lâmina.
d) A velocidade da reação é maior com o ferro em forma de pó do que em forma de lâmina.
e) A diferença entre o ferro em pó ou em lâmina está na concentração da matéria.

4
Questão 05
Observe o seguinte experimento realizado à mesma temperatura e pressão.
Água
Água Água + Sal
Água + Sal

Início Final

Em relação ao experimento podemos afirmar, EXCETO:


a) a pressão de vapor do solvente puro é maior do que a solução.
b) o ponto de ebulição da água é maior do que a mistura.
c) a pressão de vapor apresentada é a mesma, durante a ebulição de ambas.
d) o sal interfere na pressão de vapor por ser um soluto não volátil.
e) a pressão atmosférica é a mesma em ambos sistemas.

Questão 06
Observe o gráfico que mostra a pressão de vapor versus temperatura de uma determinada solução e o seu
solvente puro.
Pv(mmHg
A B

TA TB T.E ( °C )
Em relação ao exposto pelo gráfico podemos afirmar, EXCETO:
a) a solução corresponde à curva B no gráfico.
b) o solvente corresponde à curva A no gráfico.
c) os dois sistemas entram em ebulição a uma mesma pressão de vapor.
d) a pressão de vapor da solução é menor em qualquer temperatura.
e) Ta e Tb não correspondem à mesma pressão de vapor na ebulição.

Questão 07
Observe a tabela
Altitude (Km) Pressão atmosférica (mmHg)
0 760
1 600
2 480
4 300
6 170
8 120
Considerando os dados da tabela e um recipiente contendo 500 mL de água pura, podemos afirmar, EXCETO:
a) quanto maior a altitude menor será a pressão de vapor necessária para que água entre em ebulição.
b) ao entrar em ebulição, a pressão de vapor da água se iguala à pressão externa.
c) no nível do mar será necessário uma maior pressão de vapor para que a água possa ebulir.
d) ao pegar 1 litro de água, a pressão de vapor necessária para entrar em ebulição será o dobro.
e) a variação de altitude altera o ponto de ebulição das substâncias.
5
Questão 08
No bulbo de um termômetro foi colocado um chumaço de algodão molhado com álcool etílico, considerando
que anteriormente ele estava marcando a temperatura igual a 25 °C, podemos afirmar que, a medida de
temperatura:
a) não mudou após colocar o algodão com álcool.
b) será menor após colocar o algodão umedecido.
c) não ficará mais estável até que todo álcool evapore.
d) será cada vez mais alta em função do processo ser endotérmico.
e) . será maior após colocar o algodão umedecido.

Questão 09
É comum em países de clima frio, ao formar uma camada espessa de gelo nas ruas, aspergir sal sob o gelo.
Logo após, observa-se o derretimento do gelo ou pelo menos parte dele. Em relação ao exposto, podemos
afirmar que o sal ao ser espalhado sob o gelo:
a) abaixou o ponto de ebulição e aumentou o ponto de fusão.
b) aumentou o ponto de ebulição e o ponto de fusão.
c) abaixou o ponto de ebulição e o ponto de fusão.
d) aumentou o ponto de ebulição e abaixou o ponto de fusão.
e) não alterou o ponto de fusão e ebulição.

Questão 10
Observe os desenhos:
2 3
1

Um menino colocou em três recipientes quantidades diferentes de água pura e observou os três sistemas até
que todos estivessem totalmente secos por evaporação. Em relação a essas observações e os três sistemas
montados, podemos afirmar que:
a) o frasco 1 ficará seco primeiro e apresentará um maior ponto de ebulição.
b) o frasco 2 ficará seco primeiro e apresentará as mesmas propriedades dos outros frascos.
c) o frasco 3 ficará seco primeiro e apresentará as mesmas propriedades dos outros frascos.
d) o frasco 1 ficará seco primeiro e apresentará as mesmas propriedades dos outros frascos.
e) todos ficarão secos ao mesmo tempo e apresentarão as mesmas propriedades

Questão 11
Observe a equação de formação do ozônio a partir do oxigênio

3 2 O2 + 34,1 Kcal 1 O3

Com base na equação podemos afirmar que:


a) a reação é endotérmica e absorve 34,1 kcal por mol de oxigênio formado.
b) a reação é exotérmica e absorve 34,1 Kcal por mol de ozônio formado.
c) a reação é exotérmica e libera 34,1 kcal por mol de ozônio formado.
d) a reação é endotérmica e libera 34,1 Kcal por mol de ozônio formado.
e) a reação é endotérmica e absorve 34,1 Kcal por mol de ozônio formado.

Questão 12
Observe a equação:
1 C2H6 + 3 O2 2 CO2 + 2 H2O
Dados:
C – C = 83,0 Kcal/mol. C – H = 99,5 Kcal mol.
H – H = 104 Kcal mol. H – O = 463 Kcal mol.
C = O = 804 Kcal mol. O = O = 119 Kcal mol.
Calcule a variação de entalpia na reação acima e classifique o processo como ENDO ou EXO.

6
Questão 13
O Mar Morto apresenta uma alta concentração de sais dissolvidos sendo inclusive muito superior às
encontradas nos oceanos. Com base nessa informação responda:
a) O ponto de congelamento da água nesse local é superior ou inferior à outras mares ? Justifique.
b) Explique por que a vida aquática fica comprometida nesse local

Questão 14
A produção de ácido nítrico é importante para a fabricação de fertilizantes e explosivos. As reações envolvidas
no processo de oxidação da amônia para formar ácido nítrico estão representadas nestas três equações:

Baseando-se nas informações acima, marque a opção que indica CORRETAMENTE a entalpia da reação
completa de produção de ácido nítrico aquoso, HNO3 (aq), e água a partir de NH3 (g) e O2 (g).
a) + 2.388 Kj. b) -447 Kj. c) + 1530 Kj d) +447 Kj e) -1530 Kj.

Questão 15
(PUC-2007) - O sulfeto de carbono (CS2) é um líquido incolor, muito volátil, tóxico e inflamável, empregado
como solvente em laboratórios. Conhecendo-se as seguintes equações de formação a 25ºC e 1 atm:
C ( grafite + O 2( g) → CO 2( g) ∆H1 = − 394,0 kJ mol −1
S rômbico + O 2( g) → SO 2( g) ∆H 2 = − 297,0 kJ mol −1
CS 2(l) + 3 O 2( g) → CO 2( g) + 2 SO 2( g) ∆H3 = − 1072,0 kJ mol −1
ASSINALE a alternativa que indica o valor da variação de entalpia (∆H) para a reação de formação do sulfeto
de carbono líquido em kJ mol–1.
a) – 84,0 b) – 381,0 c) + 84,0 d) + 381,0

Questão 16
(UFMG-2005) - À temperatura de 25 oC, as reações de combustão do etanol e do hexano podem ser
representadas por estas equações:

Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que a massa de etanol, C2H5OH, necessária para
gerar a mesma quantidade de calor liberada na queima de 1 mol de hexano, C6H14, é de, aproximadamente,
a) 138 g . b) 46 g . c) 86 g . d) 258 g .

Questão 17
MARQUE a opção que contém um fator que altera o valor de H .
a) Superfície de contato. d) Catalisador.
b) Quantidade em massa. e) Luz.
c) Formato do material.

Questão 18
Atualmente, para reduzir a poluição, os automóveis são equipados com conversores catalíticos que
transformam os gases tóxicos provenientes da combustão da gasolina em substâncias menos prejudiciais ao
meio ambiente, como, por exemplo, o CO em CO2 , conforme a equação:

7
Observe a seguir as etapas intermédiarias que envolvem o processo:

Baseando-se nessas informações faça o que se pede:


a) CALCULE a variação da entalpia da conversão catalítica do monóxido de carbono em dióxido de
carbono.
b) EXPLIQUE qual o princípio da termoquímica utilizado para calcular a variação de entalpia no item
anterior.

Questão 19
A figura a seguir apresenta as curvas de pressão de vapor de três líquidos puros, 1, 2 e 3, em função da
temperatura.

Baseando-se nesse gráfico e considerando que os líquidos estão submetidos à mesma pressão, faça o que se
pede.
a) COLOQUE os líquidos em ordem crescente de ponto de ebulição e JUSTIFIQUE sua resposta em
relação a pressão de vapor.
b) CITE qual líquido apresenta forças de ligações intermoleculares mais intensas e JUSTIFIQUE sua
resposta em relação à pressão de vapor.

Questão 20
Observe o gráfico.

H(Kj/mol) A

D B

Tempo (min)

Em relação ao processo descrito nesse gráfico podemos afirmar que:


a) D corresponde a energia de ativação sem catalisador.
b) A corresponde a energia de ativação sem catalisador
c) D corresponde a energia de ativação com catalisador.
d) B corresponde a energia de ativação sem catalisador.
e) C corresponde a energia de ativação sem catalisador.

8
Questão 21
Após o milho ser colhido, grande parte dele será triturado e armazenado em silos. Neste local por lei é
colocado um aviso indicando que é proibido fumar devido ao risco de explosão. Do ponto de vista químico esse
aviso deve-se ao fato de que:
a) Ao ser triturado, as partículas apresentam uma maior movimentação, facilitando a reação de combustão.
b) Ao aumento da energia liberado por Kilograma de amostra de milho.
c) Ao ser triturado, há um aumento da superfície de contato, aumentando velocidade da reação.
d) Ao ser estocado, há um aumento da pressão sob a superfície do farelo aumentando a velocidade da reação.
e) Ao ser triturado, há uma diminuição na energia de ativação aumentando a velocidade da reação.

Questão 22
Durante a digestão do alimento desde o momento em que ele é ingerido até chegar ao intestino grosso, o bolo
alimentar recebe inúmeras substâncias com um único objetivo, fazer a digestão, por exemplo; temos na saliva
a amilase responsável pela quebra do amido, no estômago temos a pepsina que atua em pH ao redor de 2 ,
sendo responsável pela digestão das proteínas, nesse momento forma-se uma pasta alimentar que recebe o
nome de quimo. Ao chegar no intestino delgado o quimo recebe três sucos digestivos: o pancreático o entérico
e a bile. Com base no processo digestivo podemos afirmar que:
a) As enzimas são catalisadores biológicos que são consumidos ao longo da digestão.
b) As enzimas atuam em qualquer tipo de meio, independentemente da temperatura e do pH.
c) As enzimas são catalisadores biológicos que atuam em pH especifico e não são consumidas.
d) A digestão ocorre em lugares específicos, devido apenas ao tipo de pH do meio.
e) A digestão ocorre devido apenas à trituração do alimento na boca durante a mastigação.

Questão 23
O etanol é largamente empregado no Brasil como combustível para automóveis. A figura que representa a
variação de energia ocorrida durante a combustão do etanol é:
A) B) C) D)

Questão 24
Evidências experimentais mostram que somos capazes, em média, de segurar por um certo tempo um frasco
que esteja a uma temperatura de 60°C, sem nos queimarmos. Suponha uma situação em que dois béqueres
contendo cada um dele um líquido diferente (X e Y) tenham sido colocados sobre uma chapa elétrica de
aquecimento que está à temperatura de 100°C. A temperatura normal de ebulição do líquido X é 50°C e a do
líquido Y é 120°C.

a) Após certo tempo de contato com esta chapa, qual dos frascos poderá ser tocado com a mão sem que se
corra o risco de sofrer queimaduras? Justifique sua resposta.
b) Se a cada um desses frascos for adicionada quantidade igual de um soluto não volátil, mantendo-se a chapa
de aquecimento a 100°C, o que acontecerá com a temperatura de cada um dos líquidos? Explique.

Questão 25
Qual das substâncias da tabela deve apresentar maior ponto de ebulição nas mesmas condições de pressão?
Justifique.
Substância Pressão de vapor a 200C (mmHg)
Bromo 173
Benzeno 74,7
Mercúrio 0,0012

Questão 26
O arroz branco, um cereal refinado, cozinha a 373,15 K em Santos, próximo à praia. Que procedimento deve
ser tomado para cozinhar o mesmo arroz em La Paz, na Bolívia, que possui 3.657 m de altitude? Responda
conceitualmente, explicando sucintamente o fenômeno. Dado: em La Paz, a pressão atmosférica é de
aproximadamente 62 kPa (1 atm = 101,325 kPa).

9
Questão 27
Nas madeireiras, o pó de madeira (serragem) pode ser queimado facilmente por uma faísca ou chama e dar
início a um incêndio de proporções incalculáveis. Quais os fatores que têm influência na velocidade de uma
reação que justificam essa afirmação?
Questão 28
(PUC/07) A termoquímica é a área da química que trata dos fenômenos térmicos envolvidos nas reações
químicas. A quantidade de calor trocado durante uma reação que acontece a pressão constante corresponde à
variação de entalpia H. É INCORRETO afirmar que o H de uma reação:
a) depende do estado físico dos reagentes e produtos.
b) depende da quantidade de reagentes e produtos.
c) aumenta com a presença de um catalisador.
d) é positivo quando a reação é endotérmica.

Questão 29
(PUC/07) Em uma aula de laboratório, o professor adicionou igual volume de solução de ácido clorídrico 3,0
mol.L-1 em dois tubos de ensaio. No tubo I, acrescentou 0,5 g de fita de magnésio e, no tubo II, 0,5 g de
magnésio em pó. Observou-se uma intensa efervescência e um forte aquecimento em ambos os tubos.
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que:
a) as evidências indicam ocorrência de reações endotérmicas.
b) o aquecimento no tubo I ocorre mais rapidamente.
c) o magnésio desaparece dos dois tubos na mesma velocidade.
d) os dois sistemas liberam a mesma quantidade de gás.

Questão 30
(PUC/06) Considere o diagrama energético de uma
reação, representado ao lado.
A energia de ativação dessa reação é:
a) 50 kJ.
b) 100 kJ.
c) 150 kJ.
d) 250 kJ.

Questão 31
(PUC/06) Considere as seguintes soluções aquosas, a 25ºC e 1 atm:
X – 0,50 mol/L de glicose ( C6H12O6 )
W – 0,50 mol/L de cloreto de sódio (NaCl )
Z – 0,50 mol/L de nitrato de alumínio ( Al(NO3)3 )
Sobre as propriedades coligativas de tais soluções, é CORRETO afirmar que:
a) as três soluções apresentam temperatura de solidificação superior a 0ºC.
b) a solução Z é a que apresenta menor pressão de vapor.
c) a solução W tem uma temperatura de congelamento maior do que a solução X.
d) a ordem crescente de temperatura de ebulição dessas soluções é: Z < W < X.

Questão 32
(PUC/06) Sejam dadas as seguintes equações termoquímicas, a 25ºC e 1atm:

Assinale o calor de formação do ácido clorídrico (HCl(g)) a partir dos dados acima
fornecidos, a 25ºC, em kJ/mol.
a) –93,0 b) –139,0 c) + 93,0 d) + 139,0

10
Questão 33
Considere uma reação química realizada em três
etapas conforme o diagrama energético representado
ao lado.
É CORRETO afirmar que:
a) a reação é endotérmica.
b) a primeira etapa é mais lenta que a segunda etapa.
c) a terceira etapa é mais rápida que a segunda etapa.
d) a terceira etapa determina a velocidade da reação.

Questão 34
(PUC/06) Em um laboratório, um estudante recebeu
três diferentes amostras (X, Y e Z). Cada uma de um líquido puro,
para que fosse estudado o comportamento de suas pressões de
vapor em função da temperatura. Realizado o experimento, obteve-
se o seguinte gráfico da pressão de vapor em função da temperatura.
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que:
a) o liquido Z é aquele que apresenta maior volatilidade.
b) o líquido X é o que apresenta maior temperatura de ebulição ao
nível do mar.
c) as forças de atração intermoleculares dos líquidos aumentam na
ordem: X< Y < Z.
a temperatura de ebulição do liquido Z, à pressão de 700 mmHg, é
80ºC.

Questão 35
(PUC/06) A queima do gás de cozinha (propano) ocorre de acordo com a seguinte equação:

C 3 H8( g ) + 5 O 2( g ) → 3 CO 2( g ) + 4 H 2 O ( l ) ∆H = − 2200 kJ.mol −1


Considerando-se essa equação, é INCORRETO afirmar que:
a) a reação da queima do propano é exotérmica.
b) a entalpia dos reagentes é maior que a entalpia dos produtos.
c) a queima de 1 mol do gás propano produz 1,8 x 1024 moléculas de gás carbônico.
d) a variação de entalpia, neste caso, indica que a quantidade de calor absorvida é de 2200kJ/mol.

Questão 36
(PUC/04) Assinale a afirmativa INCORRETA.
a) Uma solução aquosa de cloreto de sódio congela a uma temperatura mais baixa que a água pura ao nível
do mar.
b) Entre a água e o éter, o éter tem maior pressão de vapor, portanto o éter é mais volátil que a água.
c) Uma solução aquosa de carbonato de sódio 0,1 mol/L ferve a uma temperatura mais alta que a água pura
ao nível do mar.
d) Uma solução aquosa de cloreto de sódio 0,1 mol/L apresenta menor pressão de vapor que uma solução
aquosa de carbonato de sódio 0,1 mol/L.

Questão 37
(PUC/04) O metanol pode ser produzido pela reação:

CO ( g) + 2H2 ( g) ← CH3 OH( g) + energia
Assinale as condições necessárias para maximizarem a quantidade de metanol produzida.
a) Temperatura alta e pressão baixa.
b) Temperatura baixa e pressão alta.
c) Temperatura e pressão baixas.
d) Temperatura e pressão altas.
11
Questão 38
(PUC/04) As enzimas são catalisadores biológicos que proporcionam efeitos notáveis nas reações químicas
que controlam. Por exemplo, a 300 K, a velocidade da hidrólise da sacarose é multiplicada por um fator 1012 na
presença de sacarase, enzima que atua como catalisador dessa reação química.
É CORRETO afirmar que o efeito de um catalisador sobre uma reação química é:
a) aumentar a temperatura.
b) mudar o ∆H da reação.
c) diminuir a energia dos produtos.
d) oferecer uma via reacional que diminui a energia de ativação.
Questão 39
Considere o gráfico abaixo, referente ao diagrama
energético de uma reação química.

Assinale a afirmativa CORRETA.

a) A reação é endotérmica, e a energia liberada é


50 kJ.
b) A reação é exotérmica, e a energia absorvida é
50 kJ.
c) O ∆H da reação é - 50 kJ, e sua energia de
ativação é 150 kJ.
d) O ∆H da reação é + 50 kJ, e sua energia de
ativação é 200 kJ

Questão 40
(PUC/06) Sejam dadas as seguintes transformações termoquímicas, a 25ºC e 1 atm:

I - Pb ( s ) + 1
2 O 2( g) → PbO ( s ) vermelho ∆H = − 52,3 kCal
II - Pb ( s ) + 1
2 O 2( g) → PbO ( s ) amarelo ∆H = − 51,8 kCal

Com base nessas informações e em outros conhecimentos, assinale a afirmativa CORRETA.


a) O PbO(s) vermelho é mais energético que o PbO(s) amarelo.
b) A transformação do PbO(s) vermelho em PbO(s) amarelo é um processo exotérmico.
c) As reações de formação do PbO(s) vermelho e amarelo ocorrem com absorção de calor.
d) O PbO(s) amarelo é menos estável que o PbO(s) vermelho.
Questão 41
(PUC/06) Considere o diagrama energético de uma reação
química realizada em duas etapas:
É CORRETO afirmar que a reação é:
a) endotérmica e sua primeira etapa determina sua
velocidade.
b) exotérmica e sua primeira etapa determina sua velocidade.
c) endotérmica e sua segunda etapa determina sua
velocidade.
d) exotérmica e sua segunda etapa determina sua velocidade.

12
Questão 42
(PUC/07) Utilizando seus conhecimentos sobre cinética química, assinale a afirmativa INCORRETA.
a) Uma elevação da temperatura pode iniciar uma reação cineticamente inerte.
b) A velocidade de uma reação química aumenta com o andamento da reação.
c) A diluição de um sistema químico possibilita uma evolução mais lenta desse sistema.
d) Um aumento da concentração dos reagentes aumenta a velocidade de uma reação química.

Questão 43
(Puccamp) Considere as duas fogueiras representadas a seguir,
feitas, lado a lado, com o mesmo tipo e quantidade de lenha.

A rapidez da combustão da lenha será


a) maior na fogueira 1, pois a superfície de contato com o ar é maior.
b) maior na fogueira 1, pois a lenha está mais compactada, o que
evita a vaporização de componentes voláteis.
c) igual nas duas fogueiras, uma vez que a quantidade de lenha é a mesma e estão no mesmo ambiente.
d) maior na fogueira 2, pois a lenha está menos compactada, o que permite maior retenção de calor pela
madeira.
e) maior na fogueira 2, pois a superfície de contato com o ar é maior.

Questão 44
(Ufal) Analise as afirmações seguintes, sobre CINÉTICA QUÍMICA.
( ) A etapa determinante da rapidez de uma reação química é a mais lenta.
( ) Catalisadores não participam das etapas de uma reação química.
( ) Uma porção de maionese deteriora-se mais rapidamente do que os seus componentes considerados
separadamente, pois, entre outros fatores, a superfície de contato de cada um é maior.
( ) A freqüência de colisões efetivas entre reagentes diminui com o aumento de temperatura.
( ) Alumínio em pó pode ser "queimado" mais facilmente do que alumínio em raspas.

Questão 45
(Ufmg) Três experimentos foram realizados para investigar a velocidade da reação entre HCØ aquoso diluído e
ferro metálico. Para isso, foram contadas, durante 30 segundos, as bolhas de gás formadas imediatamente
após os reagentes serem misturados. Em cada experimento, usou-se o mesmo volume de uma mesma
solução de HCØ e a mesma massa de ferro, variando-se a forma de apresentação da amostra de ferro e a
temperatura. O quadro indica as condições em que cada experimento foi realizado.

Assinale a alternativa que apresenta os experimentos na ordem crescente do número de bolhas observado.
a) II, I, III b) III, II, I c) I, II, III d) II, III, I

Questão 46
(Ufrs) O carvão é um combustível constituído de uma mistura de compostos ricos em carbono. A situação em
que a forma de apresentação do combustível, do comburente e a temperatura utilizada favorecerão a
combustão do carbono com maior velocidade é:
a) Combustível - carvão em pedaços; Comburente - ar atmosférico; Temperatura 0°C.
b) Combustível - carvão pulverizado; Comburente - ar atmosférico; Temperatura 30°C.
c) Combustível - carvão em pedaços; Comburente - oxigênio puro; Temperatura 20°C.
d) Combustível - carvão pulverizado; Comburente - oxigênio puro; Temperatura 100°C.
e) Combustível - carvão em pedaços; Comburente – oxigênio liquefeito; Temperatura 50°C.

13
Questão 47
(Covest-90) O que você faria para aumentar a velocidade de dissolução de um comprimido efervescente
em água?
I) Usaria água gelada.
II) Usaria água a temperatura ambiente.
III) Dissolveria o comprimido inteiro.
IV) Dissolveria o comprimido em 4 partes.
Assinale das alternativas abaixo a que responde corretamente à questão.
a) I e IV. b) I e III. c) III. d) II e III. e) II e IV.

Questão 48
(UNESP) O esquema refere-se a um experimento realizado em um laboratório de química:

A reação que ocorre nos tubos é CaCO3 + H2SO4 CaSO4 + CO2


A liberação do gás carbônico, CO2,
a) no tubo A é mais rápida, pois a superfície de contato dos reagentes é maior.
b) no tubo B é mais lenta, pois a superfície de contato dos reagentes é menor.
c) nos tubos A e B ocorre ao mesmo tempo.
d) no tubo B é mais rápida, pois a superfície de contato dos reagentes é maior.
e) no tubo A é mais rápida, pois a superfície de contato dos reagentes é menor.

Questão 49
Um comprimido efervescente reage mais rapidamente com a água se for moído. Isso porque, com a
moagem, torna-se maior a:
a) concentração dos componentes do comprimido na água.
b) ação catalítica da água sobre o comprimido.
c) superfície de contato dos componentes do comprimido com água.
d) temperatura do comprimido.
e) energia cinética das espécies componentes do comprimido.

Questão 50
A sabedoria popular indica que, para acender uma lareira, devemos utilizar inicialmente lascas de lenha e só
depois colocarmos toras. Em condições reacionais idênticas e utilizando massas iguais de madeira em lascas e
toras, verifica-se que madeira em lascas queima com mais velocidade. O fator determinante, para essa maior
velocidade da reação, é o aumento da:
a) pressão. b) temperatura. c) concentração.
d) superfície de contato.
e) energia de ativação.

Questão 51
(MACKENZIE-SP) É correta afirmar que as velocidades das reações dos compostos gasosos nos sistemas
contido em I e II abaixo, sob a ação de êmbolos, são, respectivamente:

a) A > A’ e B > C.
b) A > A’ e C > B.
c) A’ = A e C > B.
d) A’ > A e C > B.
e) A’ > A e B = C.

14
Questão 52
Uma reação química que apresenta energia de ativação extremamente pequena deve ser:
a) lenta. b) exotérmica. c) instantânea. d) endotérmica. e) isotérmica.

Questão 53
(PUC-RS) Para responder à questão abaixo, relacione os fenômenos descritos na coluna I com os
fatores que influenciam a velocidade dos mesmos, mencionados na coluna II.

Coluna I 54
1. Queimadas se alastrando rapidamente quando está ventando.
2. Conservação dos alimentos no refrigerador.
3. Efervescência da água oxigenada na higiene de ferimentos.
4. Lascas de madeira queimando mais rapidamente que uma tora de madeira.

Coluna II 55
a. superfície de contato.
b. catalisador.
c. concentração.
d. temperatura.

A alternativa que contém a associação correta entre as duas colunas é:


a) 1 – c; 2 – d; 3 – b; 4 – a. b) 1 – d; 2 – c; 3 – b; 4 – a.
c) 1 – a; 2 – b; 3 – c; 4 – d. d) 1 – b; 2 – c; 3 – d; 4 – a.

15