You are on page 1of 2

,t

o
','
): ". [~D
Em•.• ~/!± ..
pu."~t:>atl ..""",,,,,,,,,·,,,, • ~.-,.~ "
_ . . . w.o.o._..
-,'.

_ ,\\ ;;"iHr:i~i\ld<J dü @'1~li@.rlo


CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL --
Gabinete da Deputada Distrital o Pf;~lDB
Pl 486/2001
r Ao Proto?olo L;9;S~~v.0 para r0lJi:oR0JE1l'JlI?E LEI N° . .
SeCHJi(,:\ ':1 CAS e U"·,;,,,
.,' (Da Dep~tada Eundes Bnto)

Em. / "3.1 .~ eJ. j _&0/


... ..---.
?lliZ~ llTorna obrigatória a exibição de filmes
--::""7..
~).~;,
'."~.".'-~~-"/'-
~mie{.;",,,,,
dublados nos cinemas do Distrito t:~.!L.....
eraJ:.:._ _...

--:J
.. ,.';?-N" PROTOCO! O Lr:::GlS! f\TfV0 .,
. Qa~da,~~'. :p~ "!.'oAQ·6···"'q'ZQ'· ~
A CÃMARA LEGIS.LATnfA DO DISTRITO FEDERAL decreta: - ' ---"" .•-.~""'.'-~
Fls. N,O..9J . . ._.-.3?1A
Art. 1° Obriga os estabelecimentos comerciais que exibem obrascinemá'iog~riõ
âmbito do Distrito Federal, a reservarem, pelo menos, 02 (duas) sessões semanais de
filmes estrangeiros, em versão dublada.

§ 1° A exibição de filmes legendados não desobriga o disposto no caput deste artigo.

§2° Os estabelecimentos que optarem por disponibilizar ao usuário o aparelho de


tradução simultânea ficam desobrigados de cumprir o disposto no caput deste artigo.

Art. 2° O não cumprimento do estabelecido nesta Lei implicará à empresa infratora a


multa diária de R$ 3.000,00 (três mil reais).

Parágrafo único. A reincidência ensejará a suspensão das atividades pelo prazo de 10


(dez) dias, sem prejuízo da multa.

Art. 3° O Poder Público regulamentará a presente Lei no prazo de 90 (noventa dias),


designando o órgão competente para exercer a fiscalização.

Art. 4° Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5° Revogam-se as disposições em contrário. (( f) l1ó1-" '.Cê~ pS-


JUSTIFICAÇÃO
o,.)/< (1 eh j7
.~tI:-:'E;o:'·."" , "..,., ,,"'u~"',,"

Os cinemas do Distrito Federal, quando da exibição de filmés


estrangeiros, disponibilizam a legenda, para que o público possa acompanhar o roteiro
com clareza.

Entretanto, a legenda não tem sido suficiente para que a compreensão do


filme seja clara e plena, para todo o público. É de se salientar que muitas pessoas
de.ixam de freqüentar (Js cinemas, pelo simples fato de não conseguirem a~n1\anhar o
filme, . ~IJ~

SAIN-Parque Rural,. Gab. 20 - CEP 70086-900 - Brasília-DF - Fone: 3966-8200/8201 - FAX: 3966-8203
"o
, "

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL


Gabinete da Deputada Distrital Eurides Brito I',lfWD8

É oportuno observar que a inclusão social deve ser buscada por todos os
segmentos e Poderes, procurando minimizar as diferenças e as marginalizações, no
intuito de dar a todos as mesmas oportunidades educacionais, culturais e de lazer.

A proposição busca ampliar os horizontes culturais e de lazer, garantindo


o acesso aos analfabetos, deficientes visuais e aqueles que se sentem mais à vontade
assistindo às cópias dubladas.

Assim sendo, solicito o apoio dos nobres pares, para a aprovação deste
Projeto de Lei, que, sem dúvida, contribuirá para a qualidade e, por conseqüente, da
maior divulgação da cultura no Distrito Federal.

Sala das Sessões, em de setembro de 2007.

Deputada Distrital EURIDES BRITO


~l!

--....".._..,;-.,_·,. . . . . .
K~_ ~.>\ .......

P..p k. . . t",O . :i..t::I...


)E-{JlfC)COI ,J
! ~"""'lq ATp'O
,':'10... '!J. 11 ; •

__.~ N° ..466",,_/~~L9I
Fls. N. I)-~-_•• .l3l:f.s

SAIN-Parque Rural, Gab. 20 - CEP 70086-900 - Brasília-DF - Fone: 3966-8200/8201 - FAX: 3966-8203