You are on page 1of 1

Verbatim

«Sou mais adepta da caridade do que da solidariedade social»
Isabel Jonet, presidente do Banco Alimentar contra a Fome, in i

EM FOCO

Saúde

Três perguntas...
... a Gabriel Mateus, 35 anos, coordenador do Projeto Safira, a propósito do caso de Neon Roberts, de 7 anos, retirado à mãe no passado dia 8, em Inglaterra, quando faltou à radioterapia, por a família preferir um tratamento alternativo. Um juiz decidirá, agora, sobre esse direito à escolha. A situação é idêntica à de Safira, hoje com 8 anos – e filha de Gabriel Mateus –, cuja família se recusou a prosseguir a quimioterapia, enfrentando médicos e juízes.

O que une Neon e Safira? Os dois casos partilham o mesmo problema: saber qual a legitimidade ética e legal de impor um tratamento, sem respeitar a decisão dos pais. Os médicos terão dito que só há dois cenários possíveis: a radioterapia ou a morte. Estas afirmações são, a meu ver, desonestas.

O direito de escolher uma terapia deve prevalecer, independentemente da validade científica? O tratamento deve idealmente seguir uma abordagem racional e de natureza científica, mas o direito de escolha deve prevalecer, numa sociedade plural. Existem sempre riscos, seja qual for a decisão.

Que conselho daria a esta família? Existe um momento para a resistência e outro para a resignação. O que nunca pode faltar é o amor de mãe e pai, indispensável para a sobrevivência física e emocional desta criança.

Número

¤294 950

Base de licitação para a venda de um imóvel com 312 m2, em Arraiolos, a mais alta de um lote de 71 antigas casas de magistrados, espalhadas por 16 distritos do País, a ser leiloadas desde segunda-feira, 10, até ao dia 19. As ofertas são feitas em envelope fechado, dirigido ao Ministério das Finanças. Mais informações em vendacasasmagistrados.mj.pt.