O Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico

undo Inteiro oM n

À esquerda: As irmãs da Sociedade de Socorro da Ala San Miguel de Allende, Estaca Celaya México, apresentam uma dança que aprenderam numa atividade de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico. À direita: Como parte de uma reunião e atividade de aprimoramento da Ala Mont St. Hilaire, Estaca Longueuil Québec, as irmãs aprendem a cultivar couve-de-bruxelas — um acréscimo saudável para sua dieta.

À esquerda: Irmãs de Orem, Utah, confeccionam acolchoados, que há muito é uma atividade favorita das irmãs da Sociedade de Socorro. À esquerda: A irmã Adelma M. Linhares costura num projeto de serviço de sua ala em São Paulo, Brasil. Essa atividade de
À ESQUERDA: FOTOGRAFIA: JUAN CARLOS SANTOYO; NO ALTO À DIREITA: FOTOGRAFIA: LAURENT LUCUIX; ACIMA: FOTOGRAFIA: CHRISTINA SMITH; À DIREITA: FOTOGRAFIA: ANA CLÁUDIA OLIVEIRA; FUNDO © DYNAMIC GRAPHICS, INC.

aprimoramento beneficiou os hospitais públicos da região.

C O N N I E D. C A N N O N

Junta Geral da Sociedade de Socorro

Reuniões de Aprimoramento

U

m lugar no qual “o coração e as mãos das irmãs se unem numa atmosfera segura, descontraída e agradável”, é assim que Bonnie D. Parkin, presidente geral da Sociedade de Socorro, descreve a reunião de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico. É um lugar em que as mulheres de todas as idades podem fortalecer sua fé em Jesus Cristo e aprender habilidades e aptidões de economia doméstica e para a criação dos filhos. É uma ocasião em que as irmãs podem desfrutar do convívio social, aprender e ser edificadas. Desde janeiro de 2006, quando as novas diretrizes para o aprimoramento pessoal, familiar e doméstico entraram em vigor, as irmãs da Sociedade de Socorro do mundo inteiro estão começando a compreender o que esse programa pode ser.

Em vez de mensais, as reuniões de Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico para todas as irmãs são realizadas quatro vezes por ano. Uma dessas quatro reuniões deve comemorar o dia 17 de março de 1842, da organização da Sociedade de Socorro. Além das reuniões da ala ou ramo, a Sociedade de Socorro da estaca ou distrito realiza uma ou duas reuniões de aprimoramento a cada ano. Uma dessas reuniões de aprimoramento é realizada em conjunto com a transmissão anual da reunião geral da Sociedade de Socorro, em setembro.
Atividades de Aprimoramento

A Sociedade de Socorro da ala ou ramo também oferece atividades regulares para grupos de irmãs com interesses comuns. Ao fazer isso, as líderes da Sociedade de Socorro devem procurar conhecer as necessidades e os desejos das irmãs para saber quais atividades vão oferecer.

A LIAHONA MARÇO DE 2007 27

Reuniões
as reuniões de aprimoramento trimestrais, as irmãs da Sociedade de Socorro podem “sentir-se integradas ao participar de atividades que edificam a força espiritual, desenvolvem habilidades pessoais, fortalecem o lar e a família e exercem caridade por meio do serviço”, diz a irmã Parkin. “Nessas reuniões, são fortalecidos os laços fraternais, os membros novos e menos ativos são integrados e as oportunidades missionárias se sucedem.” Seguem-se exemplos do que as estacas e alas têm feito em suas reuniões de Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico. Uma ala comemorou a organização da Sociedade de Socorro com um programa ao qual deram o nome de “Irmandade, um Tapete de Amor”. O programa baseou-se num discurso proferido pelo Presidente James E. Faust, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, na reunião geral da Sociedade de Socorro de setembro de 2002.1 Depois do jantar, oito irmãs compartilharam experiências e pensamentos sobre o que a Sociedade de Socorro significava para elas, como um lugar em que aprendiam, faziam amizades eternas, desfrutavam da irmandade e prestavam serviço. A reunião de aprimoramento de uma estaca concentrouse na edificação da fé em Jesus Cristo por meio de testemunhos. Stephanie Wilkey, a presidente da Sociedade de Socorro da estaca, escreveu: “Sentimo-nos inspiradas a realizar uma reunião de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico baseada em um dos princípios da caridade: a bondade. Tivemos de exercer toda a nossa fé para seguir os sussurros que recebemos, como presidência, para levar adiante essa idéia. Minhas conselheiras me garantiram que as irmãs compareceriam e expressariam o que sentiam no coração. E elas realmente vieram! Quase 350 irmãs encheram a capela numa noite de chuva e vento. Abriram o coração umas para as outras em magníficos testemunhos, falando

de Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico
de como colocar em prática o princípio da bondade em sua vida. Quando estavam saindo da capela, uma hora e meia depois, as irmãs expressaram com palavras e lágrimas que tinham sentido o amor do Senhor e que se sentiam muito gratas por terem comparecido”. Em outra estaca, a presidente da Sociedade de Socorro, Mickie Neslen, deu-se conta de que a segurança financeira ajudava a fortalecer as famílias. Ela e a presidência da estaca prepararam uma reunião de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico que foi levada de ala em ala. Começava com uma lição espiritual sobre finanças. Depois, as irmãs eram convidadas a visitar cinco ‘estações’ ou oficinas diferentes, com apresentações de 15 minutos, ministradas por irmãs experientes: 1. “Orçamento” apresentava várias maneiras de acompanhar e administrar o dinheiro usando cadernos, envelopes ou programas de computador. 2. “Dicas de Economia” ensinava maneiras simples de economizar dinheiro a cada dia. 3. “Finanças para Crianças” mostrava diversas maneiras de ensinar princípios financeiros para as crianças, incluindo jogos interativos. 4. “Preparação para o Futuro” analisava informações sobre seguros contra doença ou invalidez, casas de repouso, cuidados de enfermagem e outras questões que envolviam os aposentados. 5. “O Preço do Crédito” explicava o perigo das dívidas e como evitá-las. Essas reuniões de aprimoramento ajudaram a instruir e fortalecer as irmãs de várias maneiras importantes.
NOTA

N

1. Ver “Vocês Todas Vieram do Céu”, A Liahona, novembro de 2002, p. 110.

28

SENTIDO HORÁRIO, A PARTIR DO ALTO: FOTOGRAFIAS: SERGIO DÍEZ, DANNY SOLETA, ADRIAN LEYVA E ABEL GÓMEZ

“Precisamos rir juntas”, disse uma irmã da Sociedade de Socorro da Ala Juniper, Estaca Lancaster Califórnia. “O simples fato de estar com as irmãs nas reuniões de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico ajuda a equilibrar minha vida.”

À direita: Entre as atividades da Sociedade de Socorro da Ala Makati II, Estaca Makati Filipinas, houve uma apresentação sobre como fazer óleo a partir do coco virgem.

À esquerda: Uma vez que Elvira Garza, da Ala San Fernando I, Estaca Valle Hermoso México, As irmãs que participaram dessa reunião de aprimoramento da Ala Tacuarembó I, no Uruguai, aprenderam a fazer arranjos de flores. adora preparar enlatados, ela foi a escolha perfeita para ensinar esse processo na atividade de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico.

A LIAHONA MARÇO DE 2007 29

Abaixo: As irmãs da Ala Jardines, Estaca Cidade do México Ermita, estudam e aprendem juntas.

À esquerda: No mês de julho, a Estaca Cidade do México Chapultepec realiza cursos de aptidões escolhem um curso para participar das 9h às 14h, todos os dias da semana. Aqui, as irmãs estão aprendendo a cortar cabelo.
NO ALTO: FOTOGRAFIAS: ISRAEL GUTIÉRREZ E CORTESIA DA PRESIDÊNCIA GERAL DA SOCIEDADE DE SOCORRO; CENTRO: FOTOGRAFIA: MARINA LUKACH; EMBAIXO À ESQUERDA: FOTOGRAFIA: MIRIAM NERY; ABAIXO À DIREITA: FOTOGRAFIA: ISRAEL ANTUNES

básicas. As irmãs

À esquerda: Depois de uma lição espiritual no Ramo Odessa Tsentralny, na Ucrânia, as irmãs da Sociedade de Socorro participam de uma aula sobre armazenamento correto de produtos alimentícios. Abaixo: Mãos habilidosas confeccionam bolsas numa atividade de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico da Ala Votorantim, Estaca Sorocaba Brasil Barcelona.

Acima: As irmãs da Sociedade de Socorro do mundo inteiro, como estas do Brasil, aprendem técnicas de armazenamento doméstico e outras aptidões para ajudar a prover o sustento da família numa emergência.

30

tividades A
de Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico

A

s atividades de Aprimoramento Pessoal, Familiar e Doméstico são menos estruturadas do que as reuniões trimestrais. Podem ser organizadas por especialistas, sob a direção da presidência. A princípio, a idéia de realizar atividades parecia difícil para algumas líderes. Contudo, ao avaliarem as necessidades das irmãs, consultarem os líderes do sacerdócio e orarem pedindo inspiração, acabaram tendo boas idéias e desenvolveram confiança. Eis alguns exemplos de idéias eficazes: reformas e consertos domésticos do tipo faça-você-mesma, cursos de fortalecimento do casamento, grupos de estudo do manual Pregar Meu Evangelho, preparo de refeições para irmãs acamadas e um grupo de apoio para irmãs com problemas de infertilidade. “Eu ficava me perguntando como esse novo programa uniria as irmãs se nos reuníssemos em grupos menores, mas estava disposta a tentar”, escreveu Richelle Pearce, da Ala Shadowbrook, Estaca Kaysville Utah Sul. “Faço pão algumas vezes na semana; portanto, depois de fazer os preparativos necessários, as líderes da Sociedade de Socorro convidaram todas as interessadas a reunirem-se em minha casa para uma atividade. Na quinta-feira seguinte, cinco irmãs bateram em minha porta. Cada uma delas estava numa fase diferente da vida: uma mãe que acabara de ter o primeiro filho, uma mãe que trabalhava fora de casa, uma irmã idosa e duas que tinham uma família grande como a minha. O que aconteceu nas duas horas seguinte foi para mim um testemunho de que esse programa é inspirado. As irmãs não apenas aprenderam a moer o trigo e fazer pão, mas também conversaram, riram, compartilharam idéias e realmente se integraram. Quando estavam indo embora com seu pão e a farinha de trigo, eu soube que esse

programa poderia unir as irmãs de um modo maravilhoso.” Na Nigéria, aprender a fazer pão fez mais do que ensinar uma habilidade importante. Uma irmã do Ramo Ikot Ekpene, Missão Nigéria Uyo, disse que as atividades de aprimoramento mudaram sua vida. Ela explicou que, depois do batismo e confirmação, ela havia deixado de freqüentar a Igreja. Então, uma irmã da Sociedade de Socorro a convidou para uma atividade de aprimoramento, onde as irmãs aprenderam a fazer sabão, um artigo raro na vila isolada em que moravam. Em outra atividade, ela aprendeu a fazer pão de boa qualidade, que não era encontrado perto da casa dela. Seu entusiasmo continuou, à medida que as irmãs se reuniam regularmente a fim de fazer pão para uso doméstico e para o sacramento do domingo. No México, as irmãs interessadas aprenderam alguns tipos diferentes de corte de cabelo. Para muitas, o aprendizado dessa aptidão ajudou financeiramente a família, proporcionando economia de dinheiro. Em uma ala de solteiros, as líderes da Sociedade de Socorro pediram ao quórum de élderes que ensinasse as irmãs da Sociedade de Socorro a trocar o pneu do carro e a verificar o nível do óleo. Isso não apenas ajudou a desenvolver a auto-suficiência nas irmãs, mas também proporcionou uma oportunidade para que os jovens adultos solteiros desfrutassem de um convívio social. De que modo, então, as novas diretrizes para o aprimoramento pessoal, familiar e doméstico estão sendo recebidas pelas irmãs da Sociedade de Socorro? Estão sendo recebidas em muitos lugares com fé, entusiasmo e criatividade. Com o passar do tempo, esse programa inspirado continuará a crescer e a abençoar a vida de um número cada vez maior de irmãs da Sociedade de Socorro, de todas as idades, no mundo inteiro. ■

A LIAHONA MARÇO DE 2007 31

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful