You are on page 1of 10

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICAS AUTOMAÇÃO INDÚTRIAL RENATO RIBEIRO DA COSTA

CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA

Londrina 2013

Marcelo Rodrigues Londrina 2013 . Orientador: Prof. como requisito parcial para a obtenção de média bimestral na disciplina de maquinas eletricas.UNOPAR.RENATO RIBEIRO DA COSTA CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA Trabalho de Automação apresentado à Universidade Norte do Paraná .

................................9 .................................5 7 CONCLUSÃO............................................................SUMÁRIO INTRODUÇÃO..................................................................................................................8 REFERÊNCIAS...............................................4 DISPOSITIVOS CONVERSORES (TRANSDUTORES ).....................................................3 Fundamentos da Conversão.................................................................................................................

A energia é convertida em forma elétrica pela sua facilidade de processamento e transmissão. .3 INTRODUÇÃO Nenhuma energia pode ser criada ou destruída ela meramente muda de forma. que pode ser de origem elétrica ou magnética. este processo é reversível exceto porem uma pequena perda no processo por aquecimento. obedecendo assim o principio de conservação de energia . Por estarmos mais interessado no processo de conversão eletromecânico de energia deixaremos os detalhes para examinarmos mais adiante. A conversão eletromecânica envolve a troca de energia entre um sistema mecânico e um sistema elétrico através de um campo de acoplamento. a mesma envolve rota de energia entre um sistema mecânico e um sistema elétrico.

já no sistema elétrico as grandezas análogas são tensão em corrente. TORQUE ELETROMAGNÉTICO Na mecânica as grandezas fundamentais são torque e velocidade. tanto para maquinas em ca ou cc na medida em que os detalhes mecânicos se diferenciarem.4 FUNDAMENTOS DA CONVERSÃO Para Del Toro(1999). . as bases fundamentais para entendermos os processos de conversão são governadas pelas mesmas leis fundamentais tanto em maquinas ca como em cc. que os mesmos estão em uma estrutura que é livre para girar resultando assim em torque eletromagnético que gera uma velocidade angular sendo assim feito a conversão elétrica em mecânica (movimento). assim sendo partindo dos mesmos princípios básicos para produção de troque eletromagnético as equações finais irá apenas se diferenciar. O movimento do motor elétrico é o resultado de uma corrente elétrica que ao percorrer um condutor colocado em um campo elétrico.

Dispositivos que produzem força: Desenvolvem forças de impulso não controladas. Dispositivos para contínua conversão de energia: Dispositivos de potência. mecânica e eletromecânica propriamente dita. Geralmente funcionam em condições lineares (saída proporcional a entrada). microfones. Nos dispositivos de potência – realiza-se a conversão contínua da energia. Ex: Motores e geradores. Ex: Solenóides e atuadores diversos. Ex: Motores de conjugado. Desenvolvem forças proporcionais a sinais elétricos e sinais proporcionais a forças e velocidades. 2º Dispositivos de 2 ou mais caminhos de excitação – nestes a força desenvolvida são proporcionais ao sinal elétrico e sinais proporcionais a força e velocidade.: Ímãs permanentes . . Obs. Ex: Atuadores à solenóides. O outro caminho trabalha com sinais. eletroímãs.5 DISPOSITIVOS CONVERSORES (TRANSDUTORES ) Dispositivos que tomam uma forma de energia e converte-a em outra são denominados transdutores.freqüentemente usados como um dos caminhos de excitação.: alto falantes. podendo ainda ser classificados pelos números de campos envolvidos. microfone. com sinais relativamente pequenos. motores de conjugado. etc. vibra dores. alto-falantes. Ex. Ex. fonocaptadores.: motores e geradores. Um transdutor pode ser dividido em três partes: elétrica. Em muitos dispositivos – um caminho de excitação estabelece o nível de campo elétrico ou magnético. DIVISÃO DOS DISPOSITIVOS DE CONVERSÃO DE ACORDO COM A FUNÇÃO Dispositivos para medição e controle (transdutores): Dispositivos de 2 ou mais caminhos de excitação. seque: 1º dispositivos de excitação única – desenvolvem força de impulsos não controlados. tacômetros e captadores. Ex: alto-falante. relés.

6 A conversão eletromecânica de energia envolve 04 formas de energia sendo. Magnética e Calor. FORÇA ELETROMOTRIZ INDUZIDA É a reação que o campo de acoplamento produz sobre o circuito elétrico para que possa absorver energia deste circuito. Em dispositivos eletromagnéticos é a tensão induzida pelo campo magnético semelhante a um reservatório de energia.Princípio da conservação de energia. Elétrica. .Leis do campo elétrico e magnético. 4. Mecânica. fornece energia ao sistema de saída sendo reabastecido através da reação do campo. 3. 2.Leis dos circuitos elétricos.Leis de Newton da mecânica. As leis que determinam as relações características do acoplamento eletromecânico são: 1.

7 .

8 CONCLUSÃO .

Vicente Del.1999. Porto Alegre: Bookman. Stephen. Fundamentos de Maquinas Elétricas. 6º Edição. . Charles Jr. UMAS. FITZGERALD. Ernest. A. Maquinas Elétricas. 2006. Rio de Janeiro: Editora LTC.9 REFERÊNCIAS TORO. KINGSLEY.