SUMARIO

Introdução a Cabotagem................................................................ 1 O que é cabotagem........................................................................ 2 Suas principais vantagens.............................................................. 2.1 Cabotagem no Brasil...................................................................... 2.2 A Cabotagem no Mundo.............................................................................. 3 A Cabotagem no Brasil aspectos favoráveis ao desenvolvimento............. 3.1 Navegação Cabotagem principais problemas............................................................... 3.2 Navegação Cabotagem problemas relativos aos navios............................................... 3.3 Navegação de Cabotagem problemas relativos aos Portos................................................ 4 Problemas relativos a Burocracia......................................................................................... 4.1 Navegação de Cabotagem necessidades para desenvolvimento do setor.......................... 4.2

Referencias bibliográficas.

utilizando a via marítima ou vias navegáveis interiores. Na America do Sul prestou serviço a Coroa de Espanha adentrando-se o rio de Prata. em 1527 em busca da mítica Serra de Prata. existentes também em portos internacionais. após margeá-la da Flórida a foz do rio São Lourenço. a estratégia de navegar pelas costa do litoral. A Cabotagem surgiu no século XVI. numa expedição que durou até 1529. atingindo seu objetivo.INTRODUÇÃO Cabotagem é o transporte de cargas realizado entre os portos ou cidades do território brasileiro. onde a palavra cabotagem é derivado da família do navegador Sebastião Caboto. recebeu em sua homenagem o nome de Cabotagem. Devido a esse feito de navegação costeira. no atual Canadá.que explorou a costa marítima da America do Norte. Pagina 1 .

Menor índice de poluição. Concentração de volumes em embarque único. Existe ainda o termo "cabotagem internacional". pode-se citar:    Baixa freqüência. Redução de acidentes nas estradas.1 As principais vantagens da navegação por cabotagem são:        Menor custo unitário. O transporte de cabotagem foi muito utilizado na década de 1930 no transporte de carga a granel. que explorou a costa da América do Norte ao margeá-la. favorece a navegação marítima e principalmente a utilização da cabotagem entre portos. Redução do desgaste das malhas rodoviárias. O litoral do Brasil. sem lograr o seu objetivo. Menor consumo de combustíveis. Pecuária e Abastecimento do Governo Federal. A cabotagem contrapõe-se a navegação de longo curso. cabotagem é "o transporte de cargas realizado entre os portos ou cidades do território brasileiro. o qual é utilizado freqüentemente para designar a navegação costeira envolvendo dois ou mais países. adentra o rio da Prata. em 1527 em busca da mítica Serra da Prata. Caboto. 2. sem perder a costa de vista. utilizando a via marítima ou vias navegáveis interiores". Pagina 2 .2.2 Cabotagem no Brasil Segundo o Ministério da Agricultura. sendo o principal modelo de transporte utilizado quando as malhas ferroviária e rodoviária apresentavam condições precárias para o transporte. 2. entre 2003 e 2008 houve um aumento de mais de 350% no transporte de cabotagem. a estratégia de navegação costeando o litoral recebeu o nome de cabotagem. ou seja. da Flórida à foz do rio São Lourenço. Pecuária e Abastecimento do Governo Federal. no atual Canadá. Dentre as principais desvantagens. Na América do Sul. exemplo Brasil e Uruguai. numa expedição que prolonga até 1529. ao serviço da Coroa de Espanha.Ainda segundo o Ministério da Agricultura. Menor índice de avarias. Aumento dos estoques. por possuir uma costa de grande extensão (próximo dos7500km). aquela realizada entre portos de diferentes nações. O termo é derivado do nome de família do navegador veneziano do século XVI Sebastião Caboto. Cabotagem é a navegação entre portos marítimos de um mesmo país. Por causa desses feitos na navegação costeira e em sua homenagem. Menor índice de sinistros. pelo litoral. Segundo o Ministério da Agricultura.

nos Estados Unidos ela deve ser realizada por embarcações construídas e documentadas no próprio país. 3. Já na CEE (Comunidade Econômica Européia).3 Navegação de Cabotagem Problemas Relativos aos Navios  Custo do navio de bandeira brasileira. Página 3 .  Custos operacionais.  Alto custo do abastecimento dos navios na costa brasileira:  Renovação e ampliação da frota própria – custos dos financiamentos demora na aprovação dos contratos pelo BNDES.  Pouca oferta de tripulantes brasileiros. sob regulamentação específica.3. Concentração ao longo da costa dos setores produtivos e consumidor. há liberdade para se operar na cabotagem de qualquer Estado-Parte.1 A Cabotagem no Brasil Aspectos Favoráveis ao Desenvolvimento     Extensa costa marítima dotada de portos e terminais portuários em contínuo processo de modernização e ampliação da capacidade de movimentação de cargas. a Cabotagem segue leis próprias. condicionados aos navios registrados em pelo menos um dos EstadosParte. Investimentos na infraestrutura de transportes terrestres permitem o desenvolvimento do transporte multimodal porta-a-porta.2 Navegação de Cabotagem Principais problemas  De ordem conjuntural soluções de curto prazo: promover a união das partes interessadas (setor agrícola e empresas de navegação). sendo que 75% da tripulação e proprietário devem ser cidadãos norte americanos. Cabotagem no mundo Em cada país. aos portos e à burocracia – soluções de médio e longo prazos  3. De ordem estrutural – relativos aos navios. Como exemplo. Existência de vantagens comparativas da cabotagem em relação ao modal rodoviário 3. navegando com a sua bandeira.  Ressarcimento do AFRMM Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante.

5.  Preferência por atracação.wikipedia. 6º Encontro de Logística e Transportes 4.br/noticias/artigos/artigos_texto.  Usufruir as mesmas condições que as empresas internacionais tem para a compra do combustível – isenção de ICMS.  Simplificar os processo junto aos órgãos Federais e Estaduais –AFRMM. ↑ “O Desenvolvimento da Navegação de Cabotagem no Brasil” -FIESP.br. Siscarga – e ainda as liberações das Notas Fiscais junto ás Secretarias da Fazenda Estaduais.asp?acesso=2&ID=22395683 Página 4 . ↑ Dicionário eletrônica Houaiss da língua portuguesa.  Regulamentação do ICMS na Multimodalidade em especial para atender as operações interestaduais. ↑ ”Identificação das formas de movimentação dos excedentes de milho no Brasil”: Navegação de Cabotagem (PDF).0.1 Problemas Relativos a Burocracia  Falta de estabilidade dos Marcos Regulatórios e Regulamentações demoradas ou incompletas. 2.com.aduaneiras. lento.  Ampliação da retro área portuária dedicada à Cabotagem. ↑ Regulamento CCE nº3577/92 do Conselho http://pt. priorizando os navios de Cabotagem.org/wiki/Cabotagem http://www. Agricultura. 4. versão 1. Referências 1. 2002. ed Objetiva. Navegação de Cabotagem Problemas Relativos aos Portos  Elevado tempo de espera para atracação de navios graneleiros sólidos e líquidos.2 Navegação de Cabotagem Necessidades para Desenvolvimento do Setor  Melhoria na infraestrutura portuária com extensão adicional do cais. Morosidade: Devagar. 4.gov. 3. AFRMM: adicional ao frete para renovação da marinha mercante. a fim de eliminar as mesmas burocracias de registro e liberação dos containers do tráfego internacional. em alguns portos.4.  Morosidade do processo de transbordo na costa brasileira. de navios de longo curso.