You are on page 1of 19

PROJETO

TÉCNICO,
ECONOMICO E
FINANCEIRO.

EMPRESA DE
NAVEGAÇÃO

ARGOS NAVEGAÇÃO C O NS U LTO RI A T É C NI C A : DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA C. 05. 39 • 68.900-097 • Macapá.571/0001-00 Alameda Serrano.009.J. Tel.com Consultor Responsável:  Alberto Gomes Tavares Consultor – CRA – AP Nº 6-00046 2 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA .: (96) 3224-1236• Cel: (96) 99972-2830 (Vivo) E-mail: delphusconsultoria@gmail.AP.N.P.

............................ 12 Estrutura Organizacional...........ARGOS NAVEGAÇÃO ÍNDICE TEMA PÁGINA Sumário Executivo .............................................................................................................................................................................................. 16 O Financiamento............................................................................................................................................ 11 Controle de Capital............................................................................................... 05 O mercado Potencial................................................................................ 13 Rentabilidade e Projeções Financeiras.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 23 3 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA ........... 11 Porte.............. 20 Plano Financeiro.. 12 Parceiros.................................................................................................................................................................................................................................................... 07 A Empresa.................................................................. 12 Dirigentes da Empresa...... 11 Caracterização.................................................................................................................................. 11 Capital Social.................................................................................................................................. 12 Plano de Operações................................................................................ 14 Plano de Marketing.......... 13 Elementos de Diferenciação................................................................................... 19 Parecer de Consultoria.......................................................................

porão e capacidade para 38 (trinta e oito) passageiros e 17. banheiros. Esta Lancha tem em seus 21 (vinte e um) metros de comprimento. A navegação fluvial te sido de modo incontestável o primeiro apoio de sustentação e desenvolvimento da economia amazônica. Para tanto. Econômico e Financeiro. sala de maquinas. As necessidade e o perfil do homem amazônico são determinadas pelas condições da malha fluvial transformando a navegação com elemento essencial para sua sobrevivência. para o transporte de cargas e passageiros entre os municípios de Santana/AP e Gurupá. com destaque para o trecho Santana/Gurupá cujo transporte fluvial se apresenta como única alternativa para o transporte de mercadorias e bens de consumo par as comunidades que vidam entre essas comunidades. A empresa existe desde 2003 e tem escritório sediado em Macapá/AP. terá a possibilidade de colocar uma Lancha fazendo a linha entre as cidades citadas proporcionando mais opções aos usuários destes serviços.8 toneladas de carga. cozinha. os quais incluem moradores e comerciantes dessas localidades. tendo em vista a inexistência do acesso rodoviário. Elaborado pelo XXXXXXXX com suporte técnico da DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA.ARGOS NAVEGAÇÃO Sumário Executivo Enunciado do Projeto O presente projeto objetiva mostrar a viabilidade econômica e financeira de investimento na aquisição de uma Lancha em estrutura de madeira para a empresa X NAVEGAÇÃO. Justificativa do Projeto A navegação pelos rios da Amazônia garante a sobrevivência e integração de muitas comunidades e municípios em nossa região sendo em alguns casos o único meio de transporte para os ribeirinhos. apresenta o presente Estudo de Viabilidade Técnico. Com a aprovação do presente projeto. no estado do Pará. 4 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA .

Esta foi construída em madeira de Lei que garante uma viagem mais tranquila. a lancha atenderá às necessidades das comunidades envolvidas. confortável e segura. Os aspectos citados são relacionados de forma prioritária. Os coletes salva vidas estão estrategicamente localizados e distribuídas na embarcação dentro dos padrões exigidos pelos normativos da Marinha Brasileira em número suficiente para todos os passageiros e tripulantes.8 toneladas em mercadorias e produtos.ARGOS NAVEGAÇÃO Competências da Responsável XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX X. Um motor SCANIA de 180 HP garante a força e velocidade ao navio para atender as necessidades dos passageiros e empresários da região. Com capacidade para transportar 38 passageiros em redes e levar até 17. 5 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . Os Serviços e a Tecnologia A Lancha da XXXXXXXX foi construída dentro das mais modernas normas de segurança exigido pela Marinha do Brasil. adequada aos rios Amazônicos.

O trafego entre os municípios de Manaus. o Branco. Santana e Santarém.AP e o Porto Gurupá . localizadas fora da área dos portos públicos. que compreende os rio Solimões/Amazonas.PA. toda a movimentação de cargas é realizada na área do porto publico. a 6 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . Porto Velho e Belém correspondem por cerca de 70 % da movimentação de cargas e hidrovias na Amazônia. Porto Velho. Em Porto Velho. e a navegação hidroviária e o único meio de acesso a quase totalidade dos municípios da região. o Purus e o Juruá. possui capacidade para receber desde embarcações fluviais até navios oceânicos. o Madeira. já em Manaus e Belém. Distância Marítima Entre o Porto Santana . Calha principal da bacia amazônica. o Negro. a movimentação esta concentrada em terminais privados de propriedades das empresas armadoras.ARGOS NAVEGAÇÃO O MERCADO POTENCIAL A navegação pelos Rios da Amazônia Os principais rios navegáveis da região amazônica são o Solimões/Amazonas. Belém. Por este motivo. Distância: 235 Km ou 127 Milhas Náuticas PRINCIPAIS PORTOS Os principais portos públicos da região amazônica são os Portos de Manaus.

Branco. estes compõem a chamada Hidrovia do Rio Madeira. a AHIMOR e a AHITAR. Vejamos: AHIMOC – Administração das Hidrovias da Amazônia Ocidental. as administrações hidroviárias exercem em caráter transitório e por delegação. Já as embarcações nem sempre são as mais adequadas. Negro. Purus. ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS No Brasil. até cidade de Porto Velho. que abrange os rios Madeira. o subsistema hidroviário é bastante utilizado para o abastecimento e desenvolvimentos dos principais núcleos econômicos. aliada a grandes distâncias e baixa velocidade. Arapuanã. Solimões. 7 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . permitindo acesso às localidades mais distantes no interior do estado. e. Na Amazônia Legal. induzindo a subestimação sobre o trafego efetivo da região. O Purus e o Acre contam com linhas regulares para o transporte de passageiros e abastecimentos de cidades ribeirinhas. as hidrovias são 3 as Administrações: AHIMOC. Por força das próprias condições regionais. toda esta vasta rede hidroviária não propicia navegação franca o anos todo pra embarcações de maior calado.ARGOS NAVEGAÇÃO movimentação dessas cargas não aparece nas estatísticas oficiais dos portos. ao mesmo tempo em que portos e atracadouros são raros e apresentam precárias condições para embarque e desembarque. abrange as hidrovias de Marajó. as atribuições operacionais estabelecidas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes . Araguaia e seus afluentes navegáveis. AHITAR – Administração das Hidrovias do Tocantins e do Araguaia. apresentando em alguns rios com muita sinuosidade. AHIMOR .Administração das Hidrovias da Amazônia Oriental. No entanto. navegável desde a foz. Outros rios com O Negro. Branco e Acre. situadas às margens de um curso d’água. que abrange os Rios Tocantins. no rio Amazonas. Os rios Amazonas e Solimões formam o curso principal da Bacia Amazônica juntamente com o rio Madeira.DNIT pra suas unidades regionais. As ligações internacionais se dão através do subsistema hidroviários do Amazonas com a Colômbia pelos rios Içá e Jurupá e como Peru pelo Solimões. Capim e Tapajós.

além de contêineres com insumos para a zona franca de Manaus. e no Porto de Santarém (PA) . merecendo referência o terminal da Hermasa (Grupo Maggi).6 metros. estudos de impacto ambientais para instalações de novos terminais portuários. Neste contexto os portos de Belém (PA). No Porto de Manaus ocorre principalmente a movimentação de granel líquido pela Petrobrás. empreendimentos que certamente responderão positivamente ao enfrentamento da externa carência das regiões onde estão localizadas. onde estão localizados terminais de empresas como Grupo Maggi e Cargill. a Bertolini Transporte Ltda. Em toda a extensão navegável da Bacia Amazônica destaca-se uma das principais de transporte fluvial o Brasil. de carga geral e de passageiros. A limitação ao uso de embarcações maiores para transporte de mercadorias é atribuída ao assoreamento da foz o rio Amazonas onde a profundidade é fixada em 11. 8 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . e do projeto de mineração da ALCOA em Juriti (PA)a. O comprometimento da iniciativa privada e das autoridades com o desenvolvimento sustentável das hidrovias da Amazônia se faz presente em casos com o do terminal portuário da Cagill em Santarém (PA) . Como qualquer projeto de infraestrutura. o terminal da Cargill. Vila do Conde (PA) e Santana (AP) adquirem grande importância como consolidadores de carga. Embarcações da Bertolini dentro outras descarregam grãos nos portos de Itacoatiara ( AM).ARGOS NAVEGAÇÃO O transporte hidroviário de mercadorias na Amazônia é realizado basicamente através de uma frota de barcaças e empurradores originários de portos como o Porto Velho (RO).

A inauguração oficial das instalações ocorreu em 06 de maio de 1982. pois existem várias outras comunidades ribeirinhas que serão atendidas por este serviço. servido com porta de entrada e saída da região amazônica. as Comunidades da Amazônia tem uma dependência imensa do transporte marítimo. com finalidade inicial de atender à movimentação de mercadorias por via fluvial. permitido conexo com portos de outros continentes. A questão é atuar em uma linha pouco explorada e que tem uma demanda expressiva.ARGOS NAVEGAÇÃO O Porto de Santana A construção do Porto de Santana (antigo Porto de Macapá) foi iniciada em 1980. A partir de 14 de dezembro de 2002. tornouse uma das principais rotas marítimas de navegação. transportadas para o estado do Amapá e Ilha de Marajó. o uso da linha vai além. As Comunidades Atendidas Como exposto anteriormente. Todavia. Entretanto. foi criada a Companhia Docas de Santana. 9 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . é o único meio de locomoção de pessoas. empresa pública de direito privado para exercer a função de Autoridade Portuária. pela sua posição geográfica privilegiada. sem contar que a maioria dos casos. além da proximidade com o Caribe. através do convênio de delegação nº009/02 do Ministério do Transporte e da Prefeitura de Santana. A XXXXXX irá operar na linha que une os municípios de Santana/AP e Gurupá/PA. Estados Unidos e União Europeia. com a interveniência da CIA Docas do Pará. principalmente no que se refere ao transporte de cargas dos mais diferentes tipos.

. Antes....000 100.00 A Integralizar 0.ARGOS NAVEGAÇÃO A EMPRESA Apresentamos a seguir de que maneira a X NAVEGAÇÃO se organizará internamente..00 Obs: Valor da Cota = R$1.. exceto travessias (CNAE 50... internacionais. Forma Jurídica: Sociedade Empresária (Firma Individual) Data da Constituição: 06/03/2003. Nº Cotas Valor (R$) Integralizado 100..00 0..... CNPJ: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Capital Social: Situação em..... Caracterização Endereço: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Ramo de atividades: Transporte por navegação interior de passageiros em linhas regulares intermunicipais e interestaduais.. Fone: (96) XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX..000...00 Porte: EPP – Empresa de Pequeno Porte 10 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA ...22-0/02).. serão apresentados dados cadastrais da Empresa..

ciente de que uma estrutura interna organizada e bem definida é um diferencial e o primeiro passo para oferecer bons serviços aos seus clientes. o qual é descrito através de seu quadro de pessoal. 11 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . organograma institucional e também através de seu plano de operações. despida de seus papeis gerenciais. a Diretoria é o ambiente onde a sócia. Plano de Operações A X NAVEGAÇÃO possui um plano de operações para as diversas tarefas que serão realizadas.00 100 TOTAL 100 Administração da Empresa Nome Nacionalidade XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Brasileira Cargo Sócia Administradora Estrutura Organizacional Segundo dados do SEBRAE. a X NAVEGAÇÃO vem discutindo ao longo de vários meses o seu fluxo de processos internos. o principal motivo de quebra de Micro e Pequenas Empresas (MPE’s).ARGOS NAVEGAÇÃO Controle de Capital Nome XXXXXXXXXXXXXXXXXXX Nacionalidade Brasileira Valor (R$) % 100.000. consiste no fato de que os empreendedores pensam nas questões puramente mercadológicas do negócio e se esquecem de como a Empresa deve funcionar internamente. Quebrando esse paradigma empresarial. tomará as decisões estratégicas sobre o presente e futuro do negócio e farão as avaliações sobre ações já adotadas. Assim. Diretoria A gestão do negócio inicia pela definição de que a proprietária deverá sempre somar esforços para poder somar resultados.

Esse suporte é fundamental para a Administração adequada do negócio. que será responsável pela emissão de relatórios contábeis. a essência do negócio passa pelo correto e tempestivo atendimento ao cliente. que precisam deslocar seus produtos e mercadorias para abastecer seus negócios. tanto Pessoas Físicas que querem se deslocar entre diversas localidades atendidas. 12 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . incluído os gastos com pessoal. que ajudam na venda de passagens e frete.ARGOS NAVEGAÇÃO Gerencia Administrativa e Financeira A GESTÃO Administrativo-financeira contará com o apoio de escritório especializado. Parcerias A X NAVEGAÇÃO possui parcerias com diversos agenciadores de passagens. Gerencia Comercial No caso de serviços de navegação. quanto a Pessoas Jurídicas. Elementos de Diferenciação A Lancha da X NAVEGAÇÃO construído em madeira trará mais segurança ao transporte de Cargas e Passageiros na região. além do controle de receitas e despesas.

foi estimado que a empresa irá reverter o presente investimento ao final de 2 anos e 6 meses – calculo realizado pela metodologia do Pay Back clássico. Indicadores Financeiros A Análise feita para este empreendimento foi de subutilização e nestas condições apresenta indicadores compatíveis com o mercado. de forma a obter o faturamento necessário para arcar com todas as despesas operacionais da empresa.baixo se considerarmos as tendências do mercado. considerando que a empresa irá operar apenas com 80% de sua capacidade instalada. No ponto onde este saldo é “zerado”. É calculado com base no saldo acumulado do fluxo de caixa projetado pela empresa. ou passa de negativo para positivo. Tempo de Retorno do Investimento (Pay Back Atualizado): É o período de tempo necessário para a empresa recuperar os gastos referentes ao investimento inicial do negócio. Pretende ter um faturamento médio anual da ordem de R$ 678 mil.ARGOS NAVEGAÇÃO Rentabilidade e Projetos Financeiros Projetos de Vendas Com a aquisição da Lancha. é o ponto exato onde todos os gastos com o investimento inicial do negócio retornam para a empresa. Pretende realizar 8(oito) viagens mensais. O ponto de equilíbrio ou ponto de nivelamento é de 54. No presente estudo. transportando em média 500 passageiros e 224 toneladas de mercadorias por mês. A apresentação dos indicadores ponta os seguintes resultados: Ponto de Equilíbrio: Entende-se por ponto de equilíbrio a quantidade mínima de unidades vendidas/ comercializadas/produzidas. 13 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA .5% . a X NAVEGAÇÃO projeta um excelente faturamento em função de poder transportar passageiros e cargas.

significa que o empreendimento supera as expectativas do investidor. ser comparada com as taxas oferecidas no mercado financeiro. a taxa de atratividade do empreendimento foi de 10% ao ano. a TIR foi calculada em 38. Informa quanto o rendimento irá render em cada período (se o fluxo de caixa for mensal. No presente estudo.64 – o negócio promete superar essa expectativa. Caso o resultado final seja um valor positivo. se o fluxo de caixa for anual. Geração de Renda. podendo assim. Caso o resultado seja negativo. 14 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . Mais de R$197 mil de impostos gerados. Econômicos Geração de 3 (três) empregos diretos e vários indiretos. Valor Presente Liquido (VPL): O VPL tem sua metodologia similar ao cálculo da TIR.ARGOS NAVEGAÇÃO Taxa Interna de Retorno (TIR): A TIR é uma taxa calculada com base no fluxo de caixa liquido projetado.12% ao Ano. Caso o resultado final seja zero. comparativamente com o investimento inicial apresentado. o empreendimento não dará o retorno esperado. a expectativa do investidor é exatamente atendida. Como o resultado do VPL foi positivo – R$ 178. o rendimento também será anual). No presente estudo. o rendimento é mensal.084. A diferença é que o investidor informa a taxa de atratividade que deseja obter no empreendimento.

 O déficit de embarcações na região. a necessidade por novas embarcações. as cidades da Amazônia vêm apresentando um crescimento populacional pequeno. porém constante.  Chegada de empresa de transporte fluvial de outros estados. O transporte de cargas e passageiros no trecho entre as cidades de Santana e Gurupá/Pa está em expansão também. Pontos Fortes e Fracos Os pontos fortes da empresa: 15 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . em função da geografia da Região. Oportunidade e Ameaças Entre as oportunidades identificadas neste ramo de negócio destacam-se:  O crescente interesse pelo turismo na Região do Marajó. Setor O setor no qual a X NAVEGAÇÃO irá atuar esta em franca expansão. que impõe limites às embarcações quanto ao numero de passageiros e cargas e transportadas.ARGOS NAVEGAÇÃO Plano de Marketing A análise do mercado em que a X NAVEGAÇÃO atua e as estratégias de marketing que implementará serão apresentadas a seguir: Análise de Mercado O transporte de cargas e passageiros na Amazônia é realizado essencialmente por via fluvial. assim o transporte fluvial é o mais viável. Somando-se a isso as constantes fiscalizações realizadas pela Marinha do Brasil. Com o desenvolvimento da Região. Entre as principais ameaças estão:  Mão de Obra desqualificada. Não existe a possibilidade de transporte terrestre a entre as duas localidades.

nas ameaças e nas oportunidades do próprio mercado de atuação. 16 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . Os pontos fracos da empresa:  A não definição de papéis. Concorrência Hoje existe cerca de 2 embarcações realizando a mesma viagem: Embarcação Balsa Alice Capacidade 80 passageiros e70 toneladas Contato (96)99112-5562 Estratégias de Marketing As estratégias e diretrizes a serem seguidas foram elaboradas com base no perfil dos clientes.ARGOS NAVEGAÇÃO  Experiência da proprietária. Clientela A pesquisa de mercado identificou que a clientela da X NAVEGAÇÃO é composta por moradores da região. Essas estratégias serão essenciais na conquista do mercado e na divulgação dos serviços oferecidos. Esses clientes exigem segurança e pontualidade.  Experiência da equipe de trabalho.  O tamanho da embarcação. proprietários de estabelecimentos comerciais. além de empresas de Construção Civil. nos pontos fortes e fracos da concorrência.

ARGOS NAVEGAÇÃO Preço Para a determinação do preço final foram considerados: Os preços praticados pelos concorrentes. 17 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA . pois os dirigentes acreditam que medidas inteligentes poderão atender as necessidades do negócio. Os custos da Empresa. como: Folders contendo informações dos navios serão distribuídos em agencias de turismo em Macapá e Santana. Serviços ao Cliente (Venda e Pós-Venda). Promoção e Publicidade De inicio não está previsto um custo elevado com publicidade. Estas informações servirão par balizar as futuras ações de melhorias. assim como para os motoristas de taxis que fazem ponto na Área Portuária de Santana. O preço que os turistas estariam dispostos a pagar. Constantemente será solicitada a avaliação do atendimento recebido pelo cliente.

...562.......... 160... devidamente registrado em cartório de imóvel... 40......51  Embarcação........ além de imóvel em nome da empresa.56 Prazo Solicitado Carência= 12 Meses Amortização = 48 meses Prazo Total = 60 meses Garantias A empresa pretende ofertar com garantia a própria Lancha........506......00  Capital de Giro.............................R$ 200......51 Contrapartida............R$ 20................R$180...... Valor a Ser Financiado Valor do Projeto..................ARGOS NAVEGAÇÃO O Financiamento Valor do Projeto R$ 200........95 Valor do Financiamento......055.......562.............................. 18 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA ..51 Origem do Recurso 90% financiado e 10% com recursos próprios........000....562...

ARGOS NAVEGAÇÃO PLANO FINANCEIRO 19 DELPHUS CONSULTORIA & PROJETOS LTDA .