You are on page 1of 13

1.

INTRODUÇÃO

HISTÓRICO A primeira aplicação: certamente, na pré-história, para avivar as brasas de uma fogueira. Primeiro compressor: os pulmões humanos, 100 l/min e pressão de 0,02 a 0,08 bar em valores médios. Encontra aplicação até nos dias de hoje. Por volta de 3.000 AC, quando o homem começou a trabalhar com metais esse compressor se mostrou ineficiente. Usou-se o vento como fonte de ar. No Egito, em 1.500 AC, foram introduzidos os foles acionados com os pés ou com as mãos. Os foles manuais permaneceram em uso por mais de 2.000 anos. A ilustração mostra um fole de 1530, usado para a ventilação de minas. Em 1762 John Smeaton registra a patente de um compressor acionado por uma roda d’água. Aperfeiçoamento com a invenção de John Wilkinson, a máquina de broquear. O desenvolvimento dos compressores possibilitou o incremento do processamento de minérios e da produção dos metais. Em 1857 foi feita a primeira experiência de sucesso no transporte de energia por meio de ar comprimido, na construção do túnel Mont Cenis, nos Alpes Suíços. Em Paris, no ano de 1888 entra em operação a primeira planta de distribuição de ar comprimido. O ar comprimido era usado desde o acionamento de geradores e relógios até distribuição de cerveja. A técnica de construção e de materiais foi se desenvolvendo, a figura abaixo, mostra um compressor de ar alternativo, resfriado a água, de duplo efeito e duplo estágio, fabricação Mannesmann, de 1935. O escoamento e aumento de pressão de fluidos compressíveis se torna possível por máquinas como os compressores, ejetores, ventiladores, sopradores e bombas de vácuo

que impulsionam uma turbina. Neste artigo explicaremos o que são compressores. Foto cedida por Superchargers Online Ford Ranger com compressor debaixo do capô Outra maneira de se aumentar a potência é tornar um motor de tamanho normal mais eficiente. Fundamentos de um compressor Um compressor é qualquer dispositivo que eleva a pressão do ar de admissão acima da pressão atmosférica. como funcionam e como se diferenciam dos turbocompressores. Já os compressores são acionados mecanicamente. Isso é possível forçando-se mais ar para dentro da câmara de combustão. e mais combustível significa uma combustão maior e mais potência do motor. Uma das maneiras de se fazer isso é construindo um motor maior. . por correia ou corrente a partir do virabrequim do motor. engenheiros automotivos viciados em velocidade e projetistas de carros de corrida têm procurado maneiras de incrementar sua potência. que é seu nome oficial. Mais ar significa que mais combustível pode ser admitido. Tanto os compressores como os turbocompressores fazem isso. Os turbocompressores são acionados pela massa do fluxo dos gases de escapamento.Desde a invenção do motor de combustão interna. O termo "turbo" é na realidade uma versão reduzida de "turbocompressor". Foto cedida por HowStuffWorks Shopper Compressor de parafuso duplo A diferença entre os dois dispositivos é sua fonte de energia. Instalar um compressor é uma excelente maneira de se obter a admissão forçada de ar. o que nem sempre é a melhor solução: eles pesam mais e são mais caros de se fazer e manter.

Em condições de altitude elevada. aumentando-se a potência do motor. Resumindo: para pôr mais combustível.no caso da gasolina . A força dessa explosão. é aspirado para dentro dos cilindros Uma vez admitido dentro do motor. Com esse ar extra é possível injetar mais combustível na mistura. o pistão move-se para baixo 2. A sobrealimentação fornece em média 46% a mais de potência e 31% a mais de torque. Mas não se pode simplesmente colocar mais combustível no motor porque é necessário uma quantidade exata de oxigênio para queimar uma dada quantidade de combustível. concentrada entre a câmara de combustão e o pistão. Motor comum incrementado com compressor Colocar mais combustível na mistura resultaria em uma combustão mais potente. uma quantidade de energia potencial que pode ser transformada em energia cinética. Isso faz com que uma quantidade maior de ar seja forçada para dentro do motor. Esse é o trabalho do compressor. porém sem criar um vácuo. . criando um movimento alternado que será transformado em rotativo e no fim será transmitido para as rodas. o ar. ocorre a liberação de uma grande quantidade de energia. em que o desempenho do motor diminui por causa da baixa densidade e pressão do ar atmosférico. criando uma sobrealimentação. Os compressores aumentam a admissão comprimindo o ar acima da pressão atmosférica. A vela de ignição deflagra esta reação química ao inflamar a mistura. aproveitável através de uma reação química conhecida como combustão. Este processo é composto das seguintes etapas: 1.14 partes de ar para uma parte de combustível . o ar deve ser combinado ao combustível para formar a mistura. isso cria um vácuo 3. À medida que o combustível sofre oxidação. é preciso admitir mais ar.é essencial para que o motor funcione de maneira eficiente. Essa mistura na proporção quimicamente correta . impulsiona-o pistão para baixo.Num motor de quatro tempos comum. o compressor fornece ar em alta pressão para que o motor continue a funcionar de maneira eficiente. à pressão atmosférica. um dos tempos é dedicado ao processo de admissão de ar.

o compressor precisar girar rapidamente.0132 bar. A engrenagem condutora maior que a engrenagem conduzida que movimenta o rotor do compressor faz com que ele gire mais rápido. o que significa que ele perde densidade e não tem como se expandir tanto durante a combustão. Esta.4 bar a 0. o ar vai ficando mais quente. com o ar ou a água resfriada pelo sistema de arrefecimento passando através de um sistema de canos ou tubos. O rotor do compressor pode ter vários desenhos. Um rotor de compressor girando a 50 mil rpm representa uma pressão de sobrealimentação de cerca de 0.Diferentemente dos turbocompressores. espremê-lo dentro de um pequeno espaço e descarregá-lo no coletor de admissão. Ambos funcionam exatamente como um radiador. Foto cedida por Muscle Mustang Compressor centrífugo ProCharger D1SC Para pressurizar o ar. bem mais que o próprio motor. o acionamento do compressor é obtido diretamente a partir do virabrequim. que se valem dos gases de escapamento gerados pela combustão para funcionar. Portanto. a pressão atmosférica é de 1. o ar comprimido que sai dele precisa ser esfriado antes de entrar no coletor de admissão. Ao nível do mar. faz girar os elementos do compressor. À medida que vai sendo comprimido. . O responsável por este processo de resfriamento é o intercooler. Em sua maioria. o que resulta na admissão de uma mistura mais densa dentro da câmara de combustão. À medida que sai do compressor o ar quente encontra os canos mais frios e vai sendo esfriado também. por sua vez. Isso significa que a mistura não tem como gerar tanta potência ao ser inflamada pela vela de ignição. Existem duas concepções básicas de intercooler: os intercoolers ar/ar e os intercoolers ar/água.4 a 0.6 bar. porém sua função é aspirar o ar. a sobrealimentação típica de um compressor coloca cerca de 50% a mais de ar para dentro do motor. Isso significa 0. Para que o compressor funcione com eficiência máxima.6 bar extras acima da pressão atmosférica em uma dada altitude. um resfriador de ar. A redução da temperatura do ar aumenta a sua densidade. Os rotores do compressor podem girar em velocidades de 50 mil a 65 mil rotações por minuto (rpm). os compressores são acionados por uma correia extra e uma polia solidária a uma engrenagem de acionamento.

criando-se uma pressão positiva. Em 1900. Compressor Roots À medida que os lóbulos entrelaçados giram. Philander e Francis Roots patentearam o projeto em 1860 como uma máquina para ajudar na ventilação de poços de minas. Por essa razão os compressores Roots não passam de sopradores de ar. Foto cedida por HowStuffWorks Shopper Compressor Eaton. eles diferem consideravelmente com relação à sua eficiência. Embora todos esses modelos forneçam ar sob pressão. o ar preso nos espaços existentes entre eles é carregado entre o lado de entrada e o lado de saída. A principal diferença está em como eles jogam o ar para dentro do coletor de admissão do motor. Gottlieb Daimler acrescentou um compressor Roots a um motor de carro.Tipos de compressores Existem três tipos de compressores: Roots. Grandes quantidades de ar são movidas para o coletor de admissão e "acumuladas". sendo que o termo "blower" (soprador) ainda é muito utilizado para se referir a todos os compressores em geral. e o compressor centrífugo utiliza um rotor para aspirar o ar. parafuso duplo e centrífugo. dependendo da aplicação desejada: simplesmente dar uma força a seu carro ou competir numa corrida. Foto cedida por Sport Truck Caminhonete Ford 1940 com compressor Roots . versão modificada do compressor Roots O compressor Roots é o modelo mais antigo. Cada tipo de compressor é disponivel em diferentes tamanhos. Os compressores Roots e de parafuso duplo utilizam tipos diferentes de lóbulos entrelaçados.

Assim como no compressor Roots. . em vez de num fluxo uniforme e contínuo. Porém. No entanto eles são os menos eficientes dentre os compressores por duas razões: acrescentam mais peso ao veículo e sopram o ar em jatos discretos. o ar é espremido para dentro de um volume menor. Isso porque os rotores possuem uma redução de Compressor de parafuso diâmetro cônica. Eles ficaram consagrados nos muscle cars envenenados e nos hot rods. Alguns tipos de compressores de parafuso duplo ficam por cima do motor como o compressor Roots. Eles também produzem muito ruído. Compressores de parafuso duplo O compressor de parafuso duplo funciona puxando o ar através de um par de lóbulos entrelaçados que lembram um jogo de engrenagens helicoidais. pois projetam-se para fora do capô. porém seu custo é maior porque os rotores em forma de parafuso exigem mais precisão no processo de fabricação.Os compressores Roots em geral são grandes e ficam na parte de cima do motor. no compressor de parafuso duplo este ar é comprimido para dentro da carcaça do Foto cedida por Superchargers Online rotor. O ar comprimido que sai pela válvula de saída cria um silvo ou assobio que precisa ser atenuado com técnicas de supressão de ruídos. o ar no interior de um compressor de parafuso duplo fica preso em espaços criados pelos lóbulos do rotor. Como os espaços vão encolhendo. o que significa que os espaços onde o duplo ar fica preso diminuem de tamanho à medida que o ar se move do lado de entrada para o lado da saída. Compressor de parafuso duplo Isso torna os compressores de parafuso duplo mais eficientes.

O ar sai do impulsor em alta velocidade. em vez de na parte de cima deste. conjunto de paletas fixas que envolve o impulsor. leves e são instalados na frente do motor.Centrífugo O compressor centrífugo aciona um impulsor (dispositivo similar a um rotor) a altíssima velocidade para rapidamente levar o ar para dentro de uma pequena caixa de compressão. porém com baixa pressão. converte o ar de alta velocidade e baixa pressão em ar de baixa velocidade e alta pressão. o que reduz a velocidade do fluxo de ar e aumenta a pressão. Eles são pequenos. As moléculas do ar perdem velocidade quando atingem as paletas. uma característica que pode chamar atenção nas ruas. As rotações podem ir de 50 mil a 60 mil rpm. Foto cedida por Muscle Mustang Compressor centrífugo ProCharger D1SC Compressor centrífugo Os compressores centrífugos são os mais eficientes e os mais comuns de todos os sistemas de admissão forçada. Um difusor. uma força centrífuga faz com que ele seja expulso para o lado de fora. Foto cedida por HowStuffWorks Shopper Tanto o Monte Carlo quanto o Mini-Cooper S possuem compressores . Eles também produzem um silvo característico à medida que o motor aumenta a rotação. À medida que o ar é conduzido ao cubo do impulsor.

um bom aquecimento é importante no caso dos compressores. Os compressores Roots e de parafuso duplo. que se tornam mais eficientes à medida que o impulsor gira mais rápido. Por outro lado. mas em geral os compressores oferecem algumas vantagens em relação aos turbocompressores. onde há muito menos oxigênio disponível para a combustão. para que a turbina e o compressor tenham tempo de parar ou diminuir bastante a rotação enquanto há óleo lubrificante circulando nos mancais. fornecem mais potência com rotações mais baixas. Já os turbocompressores apresentam essa hesitação porque leva alguns instantes antes que os gases de escapamento alcancem velocidade suficiente para acionar a turbina. Inúmeros fabricantes oferecem kits que vêm com todas as peças necessárias para instalar um compressor como projeto de faça-você-mesmo. não é necessário qualquer procedimento de parada especial no caso dos compressores. Os compressores não apresentam "hesitação de turbo". já que eles trabalham com mais eficiência em temperaturas normais de funcionamento. ao passo que os compressores podem ser aparafusados em cima ou no lado do motor. Vários fabricantes de automóveis também incluem compressores em seus modelos de linha. Como não são lubrificados com óleo do motor. termo empregado para descrever o tempo decorrido entre o momento em que o motorista pisa no acelerador e a resposta do motor. fornecem mais potência com giro maior. Mas e se alguém estiver tentando escolher entre um compressor e um turbocompressor? Essa questão é debatida apaixonadamente por engenheiros e fãs de automóveis. Com a introdução dos compressores os aviões foram capazes de voar mais alto sem perderem desempenho do motor. Os compressores não possuem hesitação porque são acionados diretamente pelo virabrequim. Prós e contras dos compressores A maior vantagem de se ter um compressor é o aumento da potência do motor. Certos compressores são mais eficientes com baixas rotações do motor. Instalar um turbocompressor exige que sejam feitas extensivas modificações no sistema de escapamento. os turbocompressores precisam funcionar em marcha-lenta por cerca de 30 segundos ou mais antes da parada. ao passo que outros são mais eficientes com rotações mais altas. Esse tipo de adaptação é parte integrante do esporte no mundo dos carros de arrancada tipo funny cars e de competição. . Os compressores são acréscimos usuais aos motores a pistão de aviões. A seguir vamos aprender sobre os prós e os contras de ter um compressor no seu carro. Dito isso. Finalmente. Isso faz sentido quando se tem em mente que os aviões passam a maior parte de seu tempo em altitudes elevadas.Qualquer um destes compressores pode ser instalado em um veículo já em uso para aumentar-lhes a potência. Instale um compressor num motor de carro ou caminhonete comum e ele se comportará como um veículo de motor maior e mais possante. eles podem ser desligados normalmente. Isso os torna mais baratos de instalar e mais fáceis de manter e conservar. por exemplo. Os compressores centrífugos.

Apesar dessas desvantagens. Um compressor pode consumir algo como 20% do rendimento total de um motor. que precisa ser resistente para suportar a pressão extra e as combustões maiores. e a maioria dos fabricantes sugere sua utilização com gasolina premium de alta octanagem. A sobrealimentação implica um esforço maior sobre o motor. a maioria acredita que o resultado vale a pena. . Mas como pode gerar até 100% de potência extra.Configuração básica de um avião equipado com compressor centrífugo Os compressores utilizados em motores aeronáuticos funcionam exatamente como aqueles encontrados nos carros. Eles são acionados diretamente pelo motor e usam um compressor para soprar ar pressurizado dentro da câmara de combustão. A maioria dos fabricantes leva isso em conta ao especificar componentes de alta durabilidade quando projetam um motor destinado para uso sobrealimentado. O uso de compressores pode resultar em aumentos de potência de 50 a 100% e faz deles uma excelente opção para corridas. A ilustração acima mostra a configuração básica de um avião dotado de compressor. os compressores ainda são a maneira mais eficiente em termos de custo-benefício para aumentar a potência de um motor. A manutenção dos compressores também é mais dispendiosa. Isso torna o veículo mais caro. Os compressores foram utilizados pela primeira vez em aviões já no final da Segunda Guerra Mundial. A principal desvantagem dos compressores é também sua marca registrada: como são acionados pelo virabrequim. reboque de cargas pesadas ou simplesmente para colocar mais emoção na experiência normal de dirigir. avião utilizado pela Royal Air Force (Força Aérea Britânica) que incorporava um motor Rolls-Royce Merlin equipado com compressor. precisam roubar um pouco da potência do motor. Um exemplo famoso foi o Supermarine Spitfire.

A confiabilidade da manutenção em compressores é um fator de destaque para assegurar o bom funcionamento das máquinas bem como manter seu desempenho sempre de modo satisfatório. sendo de responsabilidade da equipe de manutenção realizar reparos e inspeções periódicas. perdendo seu poder de compressão e levando a máquina a avarias e falhas. especialmente nas grandes paradas de manutenção nas industriais.especialmente se o equipamento está em um clima úmido. Isso evita entupimentos que forçariam o motor a trabalhar de forma mais exigente. aparelhos de ar condicionado e muitos outros equipamentos. em . A maioria dos tanques possui uma válvula para drenar a umidade que se acumula e essas válvulas devem ser vistoriadas.Manutenção do compressor Os compressores são equipamentos importantes para fornecer ar comprimido em um determinado espaço. Passo 2: Drenagem da umidade dos tanques do compressor O tanque coletor recolhe a umidade do ar que está comprimindo . elaboramos 10 passos primordiais em manutenção que nunca devem ser deixados de lado. como em motores a jato. cabe lembrar que a limpeza das aberturas de entrada do compressor é um fator essencial para garantir o bom desempenho do equipamento. Por isso. é aconselhável verificar periodicamente estes dispositivos e apertá-los na devida medida para que nenhum compartimento fique solto. Passo 4: Aperto de todos os parafusos do compressor Com o passar do tempo. Passo 3: Limpeza das aberturas de entrada do compressor Caso a máquina funcione em um ambiente sujo e poluído. é sempre aconselhável que o técnico conheça todas as funções e operações da máquina. garantir sua disponibilidade é algo essencial na planta industrial. Por isso. ler previamente o manual do equipamento garante que nenhum tipo de acidente ocorra devido a surpresas indesejáveis. a vibração do motor pode soltar os parafusos e porcas. preditiva e corretiva. Antes de drenar a água é importante iberar a pressão do ar dos tanques. em geladeiras. Pra atingir este objetivo. Se elas estiverem rachados. deformados ou corroídos poderão em breve começar a vazar e. Passo 1: Leitura do manual do compressor Por mais irrelevante que pareça. através de ações e manutenção preventiva. inclusive os de fim industrial. Por mais experiência no ramo. antes de começar a fazer vistorias em um compressor de ar. Passo 5: Verificar as mangueiras regularmente É importante verificar todas as mangueiras do compressor de ar periodicamente. A compressão do ar confere mais potência a determinados tipos de motores e sua aplicação pode fazer muita diferença na produção das empresas. bem como tanques precisam ser drenados periodicamente.

O ideal é que essa troca de peças aconteça de seis em seis meses. além de forçá-lo a trabalhar mais para que haja a entrada de ar. Passo 8: Checar e mudar o óleo do compressor A cada 500-1000 horas de uso do compressor o óleo deve ser trocado para evitar o surgimento de falhas e outros problemas relacionados. permitindo que o ar sujo entre no equipamento. O motor do compressor deve ser limpo pelo menos uma vez por ano ou mais a fim de eliminar qualquer resíduo devido ao combustível. Passo 9: Alterar o elemento separador O elemento separador impede o uso excessivo do lubrificante. Para isso. Passo 6: Verificar e mudar filtros de ar do compressor como requerido Um filtro de ar sujo é prejudica o compressor de ar. aumentando sua vida útil e melhorando seu desempenho. substituindo o elemento separador cada 1. Isto irá preservar a vida do motor por muito mais tempo. que é reduzir a temperatura de funcionamento do compressor de ar. deve-se manter o compressor em condições superiores. Passo 10: Limpeza dos trocadores de calor do compressor Caso os trocadores de calor estejam sujos. então eles não podem desempenhar suas funções como o planejado. o ideal é mesmo a substituição das mangueiras. Passo 7: Limpeza do tanque de combustível do compressor Como acontece com qualquer motor é necessário limpar periodicamente o tanque de combustível para garantir boas condições de funcionamento.000 horas de operação.seguida. Verifique os filtros regularmente e troque-os caso perceba uma obstrução com poeira e sujeira. A limpeza regular mantém a temperatura de funcionamento e aumenta a vida útil do compressor de ar . Caso estejam danificadas. mas tem que ser substituído periodicamente. colocar a tensão indevida sobre o resto dos componentes do compressor.

injeção de CO2 em reservatórios subterrâneos. Um turbocompressor e acionado por uma turbina. há uma correia que o conecta diretamente ao motor. os compressores ou turbocompressores são chamados de sistemas de indução forçada. A principal diferença entre um turbocompressor e um compressor é a fonte de energia. que retira energia dos gases de escape do motor e montada no mesmo eixo que o compressor . Em um compressor.Aplicação de compressores Os compressores atualmente são utilizados em diversas aplicações. A mais simples é a compressão de ar. Eles comprimem o ar que flui para o motor. até aplicações mais complexas. como o transporte de gás natural. Ele obtém sua energia da mesma forma como o alternador do carro por exemplo. seja para acionamento e controle de válvulas. Quando são aplicados na alimentação forçada de motores. ou compressão de hidrocarbonetos em ciclos de refrigeração. alimentação de motores ou turbinas a gás.

br/supercompressores3.uol.wikipedia.manutencaoesuprimentos.com.org/wiki/Compressor .Referencia http://carros.hsw.br/conteudo/2150-10-passos-para-amanutencao-em-compressores-de-ar/ http://www.htm http://www.ebah.br/content/ABAAAAELAAF/compressores http://pt.com.com.