Vida no topo das Árvores

Uma Nova Era de Exploração Científica nos Dosséis das Florestas do Mundo
Por Andrew Mitchell Diretor, Global Canopy Programme

AGRADECIMENTOS

GCP STEERING COMMITTEE

UK Foreign and Commonwealth Office GLOBAL OPPORTUNITIES FUND * CHK Charities Ernest Kleinwort Charitable Trust John Ellerman Foundation Darwin Initiative

O que é vida? De onde veio?

Imagine uma previsão de tempo em outros planetas. Ventos de 320 Km/h pela manhã, pancadas de chuva ácida pela tarde, gigantescas erupções vulcânicas durante a noite...

A Terra É especial. Somente aqui a vida evoluiu

…talvez sua maior criação?

O Dossel da Floresta Tropical!
A mais diversa expressão de vida na Terra

O que as árvores fazem?

6CO2 + 6H2O

C6H1206 + 6O2

Pegam dióxido de carbono do ar, mais água, adicione luz solar nas folhas e elas produzem açúcar e oxigênio. Uma fórmula simples mas olha só que o dossel cria…

Maior Diversidade de Vida que em qualquer lugar!

Como é o dossel?

As copas das árvores não se tocam

Um Jardim Suspenso 2/3 Epiphytes …de vida

As Epífitas cobrem galhos altos acima do solo provendo lares para muitas espécies.

O dossel tem estilos de vida curiosos: Algumas rãs galgam até bromélias pinduradas nos galhos das árvores para colocar seus girinos nas poças de água acumuladas nas folhas. (Dendrobates pumilio)

Então a mãe traz a cada dia um ovo sem fertilizar, para alimentar o girino!

Há rodovias de dossel nas árvores. Os animais memorizam estas como nós lembramos uma caminhada favorita. Para mover-se você tem que ser ágil, capaz de saltar, planar, …………ou voar.
(Macaco aranha)

Os dosséis criam casas para animais de diferentes maneiras.

Um rato lemur de Madagascar

Os dosséis mudam nosso modo de pensar sobre a vida. As vezes morcegos que se pensava serem raros em estudos científicos em terra são comuns no dossel. Ninguém os tinha procurado lá. (Tube nosed fruit bat)

Os dosséis contêm muitas flores e frutos. Mamíferos, pássaros, insetos, até mesmo lagartos os polinizam. Muitos são polinizados pelo vento.

As flores produzem néctar para atrair polinizadores. Este lorikeet de Fiji está cortando a base de uma flor para adquirir o néctar e levará pólen em suas penas para outra árvore.

O ‘arilo’ vermelho nesta semente é rico em proteína e é desta cor para atrair algum pássaro para come-la.

Esta semente de noz moscada será derrubada logo que passe pelo pássaro, talvez um pombo, para germinar longe da árvore mãe.

Animais se comunicam no dossel.

Cores brilhantes, B sons e odores, permitem a eles comunicar-se entre as densas folhas verdes.

O macaco guariba é uma das criaturas mais barulhentas no dossel. Seus chamados advertem aos grupos que estão se alimentando nas folhas para ficar longe um do outro.

Muitos predadores vivem no dossel…. A cobra arborícola blunt headed come pequenos lagartos das folhas. Tem uma espinha especial que permite alcança-los através dos espaços dos galhos.

Clouded leopard

O leopardo nebuloso é o mais arbóreo dos gatos grandes. Escala árvores nas florestas da Ásia e se alimenta de macacos, pássaros e pequenos mamíferos.

Harpy eagle

A águia harpia caça macacos e preguiças nos dosséis das florestas da América Latina.

Novas espécies de primatas no dossel… …ainda são encontradas

Hoje!

O estudo de primatas no dossel é difícil.

Espécies, tais como este gibão de Müeller em Borneo, se move rápido e mora na parte alta do dossel.

Três milhões de anos atrás, nossos ancestrais deixaram o dossel para começar uma vida no chão. Agora estão voltando!

Então, como os cientistas começaram a explorar este mundo desconhecido?

William Beebe, um oceanógrafo norteamericano, foi o primeiro pesquisador a pensar sobre a exploração do dossel da floresta. Ele nunca chegou lá mas inventou a ‘batisfera’ para explorar o fundo do oceano!

“Um outro continente de vida resta por ser descoberto, não na terra, mas a uns 30 ou 60 metros acima desta, estendendo-se sobre milhares de kilometros quadrados … Lá espera uma rica colheita para o naturalista que supera os obstáculos -gravidade, formigas, espinhos, troncos podres – e sobe aos ápices das… árvores.”
1818 William Beebe

O primeiro problema… Como alcançar o dossel?

As árvores têm uma altura de até 85 metros na Ásia tropical. …e têm poucos galhos!

A primeira expedição cientifica completa a partir para explorar o dossel foi da Universidade de Oxford em 1929 para a Guiana Inglesa

O equipamento foi levado pelo rio para Moraballi Creek

Foram usados canhões para atirar cordas acima do dossel que prendiam cadeiras de madeira para puxar os pesquisadores para cima. Escaladores locais provaram ser melhores! Max Nicholson, abaixo, foi o primeiro pesquisador a passar a noite no dossel. Ele se tornou o fundador do World Wildlife Fund.

Nos anos 1980, equipes conduzidas pelo Andrew Mitchell do Reino Unido (esquerda), construiu passarelas suspensas para comparar o dossel de florestas no Panamá, Costa Rica, Papua-Nova Guine, e Indonésia.

Team shot b and w slide

Estas passarelas eram leves e portáteis. Existem agora muitas passarelas no dossel ao redor do mundo, para ciência, educação e turismo.

Mais tarde, cordas e equipamento especializado para escalar tornaram-se o método mais popular para acessar ao dossel – para pesquisa.

Nos anos 1980 uma equipe francesa, conduzida pelo professor Francis Hallé, tiveram uma nova idéia. Um balão de ar quente e uma balsa. Muitas pessoas pensaram que isto era loucura!

Mas funcionou!

Professor Francis Hallé, 1980’s

Logo Hallé sonhou com usar um aeróstato

Este também foi um sucesso! Este aeróstato é o maior balão de ar quente do mundo. Os pesquisadores são levados abaixo numa pequena gôndola a partir da qual eles coletam espécimes pelo dossel. Um piloto voa o aeróstato o qual é propelido por uma hélice.

Close up balloon and pretzel scan from geographical

O balão pode levar uma balsa muito maior!

Os pesquisadores usam esta balsa, chamada pretzel, como uma ilha no topo das árvores, por 1 a 3 semanas. O aeróstato pode move-la para um novo lugar.

Nos anos 1990… - A ‘Bolha’ do dossel. Um balão enchido com Helio.

Casa árvore IKOS

Também desenvolvido pelo Consorcio Francês do dossel.

A ‘bolha’ permite um único pesquisador acessar ao topo do Bubble and net dossel.

Um dia de trabalho para o biólogo e fotografo Laurent Pyot!

Nice

O ‘IKOS’, um tipo de casa-árvore de metal, é ICOS pic pelos montada pesquisadores na copa da árvore.

Três pesquisadores podem morar lá e fazer observações. Há até mesmo uma pequena cozinha.

Em 1990 o Dr. Alan Smith sonhou em pôr um guindaste na floresta tropical. Uma nova era de exploração do dossel havia nascido!

Alan Smith, direita, com Andrew Mitchell, testando o primeiro guindaste do dossel no Smithsonian em Panamá.

A ‘gôndola’ suspensa abaixo do braço do guindaste fez o acesso ao dossel seguro e fácil para todos.

Crane picture from air helicopter

Dez guindastes de dossel estão agora em uso em florestas ao redor do mundo. Helicópteros são usados para pôr os guindastes ali.

Sequence of shots with gondola and cooler bag

O equipamento pode ser facilmente carregado desde o solo

Acesso seguro! 1 hectare de floresta 50 metros acima!

Pesquisadores ainda estão criando novas invenções para alcançar o dossel. COPAS O ‘Copas’ está sendo construído na Guiana Francesa.

O Planador de Dossel é um novo veículo de exploração do dossel a ser testado pelo Consorcio do Dossel.

Assim, o que descobriram os pesquisadores sobre o dossel?

Muitas espécies novas e estranhas!

Moths from enchanted canopy

No Projeto IBISCA Andreas Floren coleta insetos fumigando as copas das árvores com ‘piretro’ o qual somente os aturde. Eles caem no chão. A maioria deles acorda e escapa, mas alguns são coletados e preservados para estudo.

40 taxonomistas tomaram parte neste principal estudo de vida na Terra, em Panamá 2004/05. 1 milhão de espécimes têm que ser identificados.

Insect boxes

Muitas espécies de insetos do dossel nunca tinham sido vistas ou descritas antes pelos cientistas. Em algumas florestas da Ásia pode ser 70-80% da captura!

Destes estudos, os pesquisadores agora acreditam que 40% de toda a biodiversidade terrestre existe no dossel.

E no solo e no mar? Melhor estimativa global? 5-15 milhões de espécies existem na terra. A verdade está no dossel.

Mas ninguem sabe de verdade!

Como evoluiu o design destas espécies?
Weird eyed inesct Catydid 1/2/ pics

O dossel é um lugar repleto de complexidade. É uma poderosa central de interações entre animais e plantas.

O dossel é a interface primária entre a vida e a atmosfera para 90% dos biomas vivos no mundo. Life and the atmosphere Clouds and forests / mist water droplets Isto o faz muito importante para entender como a Biosfera interage com a Atmosfera. A Amazônia é provavelmente o maior Hotspots da BiosferaAtmosfera no mundo.

Nós aprendemos a respeitar o dossel.

John misty pictures

Pode ser um lugar perigoso para trabalhar, a menos que métodos seguros sejam usados.

Mark Moffett

James Aldred

Nalini Nadkarni

Exploradores do dossel são pioneiros!

Também é uma fronteira nova por descobrir!

Inspira… o coração humano

O dossel da floresta é um dos lugares mais belos na Terra para explorar. in Borneo Balloon and river

É cheio de surpresas!
A three toed sloth high above ground.

Post card sloth

Vida

Por que os Dosséis da Floresta são Tão Importantes?

Atmosfera

- 40% de espécies na superfície terrestre - Valor para medicina e agricultura desconhecido - Destruindo os dosséis se altera a evolução para sempre

- Influencia a hidrologia e a precipitação sobre
45Mha de continente - O CO2 ascendendo altera a função do dossel - Nuvens do ‘Oceano Verde’ podem ser perturbadas

Pessoas
- Serviços de polinização avaliados em US$12 bilhões por ano
- Mercado de sequestro de Carbono avaliado em US$3 trilhões - Padrões de florescimento perturbado pelas mudanças de clima - Risco de inundação / seca poderia aumentar com impactos no dossel
Fonte: OZANNE et al. (2003) Biodiversity meets the atmosphere: A global view of forest canopies. SCIENCE 301

Milhões de toneladas de carbono armazenado na madeira é liberado na atmosfera quando as árvores são queimadas.

Isto aumenta o aquecimento Global.

CO2
Torres como estas no Experimento de Grande Escala da BiosferaAtmosfera na Amazônia (LBA) medem o movimento (fluxos) de gases tais como dióxido de carbono, oxigênio e vapor de água dentro e fora da floresta.

Durante mais de 700.000 anos houve menos de 290 partes por milhão de CO2 na atmosfera terrestre. Dr. Antonio Hoje o a concentração média passou de 374 ppm. Nobre, pesquisador Muito disto é devido às emissões de atividade humana.
do INPA, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, faze leitura de um analisador de gás numa torre de 55 metros, norte de Manaus.

Lemuroid Ringtail Possum - Modelo BIOCLIM
Present + 1 deg. + 3.5 deg.

Ref: Williams, SE. (2003) A Report to the Biological Diversity Advisory Committee, Environment Australia, Canberra

Em Queensland, Austrália, modelos de mudanças climáticas prevêem que muitas espécies poderiam desaparecer porque seu habitat (cor vermelha) pode secar nos próximos 50-80anos. 46% 0% Um processo semelhante poderia acontecer na Amazônia?

Para investigar alguns destes problemas canopy scientists decided the set up the..

Uma iniciativa revolucionaria que une os principais estudos de dosséis de floresta direcionados a biodiversidade e mudanças climáticas no mundo.

CANOPY DATABASE

Eles projetam unir os estudos de dossel mundialmente e Criar um plano de pesquisa

The GCP Steering Committee and Focal countries
• Dr Pierre Charles Dominique, COPAS, France • Professor Roger Kitching, Griffith University, Australia • Professor Nigel Stork, James Cook University, Australia • Dr Tohru Nakashizuka, Kyoto University, Japan • Professor Dieter Anhuf, University of Sao Paulo, Brazil • Talita Fontoura, University de Estadual, Brazil • Dr Joe Wright, STRI, Smithsonian, Panama • Andrew Mitchell, Director, Global Canopy Foundation, UK • Dr Margaret Lowman, Marie Selby Botanical Garden, USA • Dr Nalini Nadkarni, Evergreen State University, USA • Professor Cao Min Xishuangbanna Botanical Garden, China

Madagascar

Brasil

Gana

Índia

Malásia

GCP publicou sua nova visão 20:20 para ciência do dossel em 2003.

Visão 20:20 do GCP para ciência do dossel
• Cinco paises foco: Brasil, Gana, Madagascar, Malásia, Índia • Pesquisa dirigida, projetada para investigar o impacto das mudanças climáticas na biodiversidade do dossel usando ‘observatórios florestais’. •Projetos Demonstrativos sobre o valor do ecoturismo e horticultura de dossel para desenvolvimento sustentável de comunidades locais • Monitoramento e alerta antecipado rede mundial • • • • Informação para partes interessadas incluindo governos Fase I - Preparando o projeto 2001-4 Fase II - Teste e financiamento 2005-7 Fase III – Começo da Implementação do Projeto 2008….

Climbing expertise GCP está ajudando agora a apoiar cursos de FCO logo treinamento no Brasil, e Darwin outros paises.
Na Universidade de Ouro Preto com fundos dos governos Brasileiro e Inglês. (UK Foreign and Commonwealth Office - Global Opportunities Fund) ..e outros doadores.

O GCP disponibiliza Cursos Básicos de Proficiência de Acesso ao Dossel (BCAP) para estudantes e profissionais aprender métodos seguros e modernos de acessar ao dossel da floresta.

Cursos BCAP

O GCP também está ajudando a a desenvolver ecoturismo de dossel para prover oportunidades de desenvolvimento sustentável para as comunidades locais no mundo tudo.

Modelo para ecoturismo de dossel Projeto planejado por Madagascar

Interpretaion Centre Field Station
Pesquisa Restauração da Floresta Capacity Building Mapeamento por Satélite

Em 2005 o GCP recebeu apoio de UN para uma nova iniciativa:
Observatórios Florestais: uma rede global para monitoramento da biodiversidade do dossel e mudanças climáticas

Parceiros do Projeto
GEF Agency - UNEP United Nations Environment Programme IEA (International Execution Agency)
GCP - UK Global Canopy Programme

Atuais NEAs (Agências de Execução Nacional)
Brasil - INPA Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Gana - CSIR Council for Scientific and Industrial Res. India - ATREE Ashoka Trust for Res. in Ecol. and the Env. Madagascar - MICET Madagascar Inst. For Cons. of the Trop. Env. Malasia - ITBC Institute for Tropical Biology Conservation.

A Rede Global de Pesquisa do Dossel.

!

! ! ! ! ! ! ! !

! ! ! ! ! ! ! ! !

!

! !

!

! ! ! ! !! ! ! ! ! ! ! ! !

! ! !

!

! !!

!! ! ! !

! ! !!

!

!

!

! !

"
! ! ! ! ! ! !

"

!

!

Guindastes de dossel existentes
!

Novos Guindastes de dossel propostos pelo GCP Novos Observatórios Florestais UNEP/GCP ,

Torres de fluxo existentes

Com a UNEP, o GCP está planejando uma rede de ‘Observatórios Florestais’ pelos trópicos. Em Brasil Gana, Índia, Malásia e mais tarde na China.

Um guindaste de dossel proverá acesso - from leaf tip to root tip – a cada Observatório. Pesquisa dirigida, treinamento e projetos de desenvolvimento de comunidades seriam levados a cabo em cada local e em locais associados.

O Orçamento? É muito dinheiro. Mas… é menos da metade do que é pago a um jogador international de futebol. Quem pode dizer qual jogo tem mais valor?

Quanto valorizamos a Vida e nossa Atmosfera.. para as pessoas? Um desafio para nosso futuro, ..no dossel da alta fronteira!

www.globalcanopy.org

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful