You are on page 1of 14

TEMA: DINAMIZAÇÃO

ECONÓMICA
DAS ZONAS RURAIS
Participantes :
 Celso Azevedo
 Eurico Batoca
 Teresa Pedro
 Karema Almeida
 Teresa Pembele
Introdução
A dinamização económica das zonas rurais é
o conjunto de todos os esforços e projectos
implementados para uma melhoria da
qualidade e de vida das povoações bem
como na qualidade da sua produtividade
com o fim de uma exploração sustentável e
rentável economicamente.
OBJECTIVO GERAL
 Melhorar progressivamente a condição de
vida das famílias e das comunidades rurais
através de programas que promovam o
desenvolvimento rural integrado e que
privilegiem o combate sustentado da fome e
da pobreza e o bem-estar destas populações
bem como a contenção do êxodo rural .
OBJECTIVOS
ESPECÍFICOS
Promover as finanças rurais e a rede de
comércio no meio rural de forma a assegurar às
comunidades o acesso aos factores de produção,
com técnicas e tecnologias ajustadas às
necessidades do meio rural, e servir de suporte
para a comercialização do resultado da
produção agrícola;

Revitalizar e diversificar a economia rural,


com realce para uma agricultura familiar
eficaz e eficiente, capaz de suprir as
necessidades alimentares do agregado e gerar
Metas
 Da acção resultante deste Programa Executivo
prevê-se construir 55.730 casas sendo 13.500
em aldeias rurais enquadradas numa
perspectiva de auto-sustentabilidade e
privilegiando a parceria pública-privada. Prevê-
se também construir: 127 escolas e inserir mais
de 54.000 crianças no sistema de ensino do país;
127 postos médicos e centros de saúde; 900
casas para os professores, enfermeiros e
médicos nas comunidades rurais; 72 mercados
rurais e 130 centros de conveniência.
I- MELHORIA DA QUALIDADE DE
VIDA NAS ZONAS RURAIS.
 1- Reforço da
economia
familiar

 2- Higiene e
saúde e luta
contra VIH/SIDA
e outras
4- Cidadania
5- Crianças
Órfãos e
desamparadas
6- Educação
7-Desenvolvimento
das aldeias
 8-Meio ambiente
 9- Segurança alimentar e nutricional
 10-Promocao do comercio rural e emprendendorismo

 11-Centro de convivência comunitária


II- Investimentos de
requalificação ambiental
 1.1- Requalificação ambiental
 
Elaboração de estudos técnicos e projectos necessários às
soluções técnicas adequadas, com as infra-estruturas,
equipamentos e viaturas-cisterna associadas ao transporte dos
efluentes/resíduos, com as infra-estruturas de armazenagem e com
as infra-estruturas e equipamentos de pré-tratamento e valorização
dos efluentes/resíduos, incluindo a valorização agrícola.
 
 1.2- Investimentos
III- IMPLEMENTACAO DE ESTRATÉGIAS
DE DESENVOLVIMENTO RURAL
Para alcançar as metas definidas deve-se definir um conjunto de projectos e
programas que deverão ser implementados de acordo com a seguintes
estratégias:

a) Reposição das infra-estruturas sociais rurais


b) Promoção do aumento e da diversificação da produção agrícola familiar
c) Promoção e desenvolvimento do regadio tradicional
d) Modernização dos serviços de extensão rural
e) Promoção de outras actividades geradoras de renda
f) Reabilitação de infiras estruturas de apoio a produção e comercialização
promoção do comercio rural
g) Promoção do crédito e finanças rurais
h) Promoção de projecto-piloto em parcerias com outras instituições
i) Reforço da capacidade institucional e formação de quadros
j) Formulação e aprovação de legislação específica
PROGRAMAS E PROJECTOS
SUGESTÕES

 Visto que a dinamização das zonas é rurais um assunto que


não diz respeito apenas aos que vivem no meio rural, mas a
todas os cidadãos que constituem o país é dever de todos
contribuir de alguma maneira quer muito quer pouco para
promover o desenvolvimento rural nessas zonas.

 Também é necessário preservar o ambiente rural para


explora-lo racionalmente, tal medida contribui muito para a
saúde e subsistência das populações que aí vivem.

 Apostar no turismo rural e no património artístico de


referência dessas zonas e um aspecto chave e um factor de
desenvolvimento económico e local.
IV- Conclusão