You are on page 1of 61

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Faculdade de Ciências Biológicas e Saúde Departamento de Farmácia Disciplina: Diagóstico Laboratorial

Parasitologia

Diagnóstico da Filariose Linfática

Docente: Helen Rodrigues Martins Discentes: Arthur Rocha Gomes Igor Ibrahim Neiva Pedro Henrique Silva
Dezembro 2013

Introdução
Até o presente momento, oito espécies de

filárias podem parasitar o ser humano:
Wuchereria bancrofti, Brugia malai,

B.timori, Loa loa, Manzonella ozardi, M
perstans, M.streptocerca e Onchocerca

volvus

Wuchereria bancroftiana

Vermes adultos ( Sistema linfático) Microfilárias ( corrente sanguínea)

é causada por um parasito intravascular conhecido como W. doença exclusiva do homem.A filariose bancroftiana. transmitido pelo Culex quinquefasciatus . bancrofti.

 As manifestações clínicas podem ser causadas tanto pelos vermes adultos quanto pelas microfilárias. Vermes adultos Microfilárias Lesões Linfáticas Lesões extralinfáticas .

hidrocele. quilúria e elefantiase  Eosinofilia Pulmonar: Asma bronquica .  Assintomático Manifestações Agudas: Linfangite retrógrada  Manifestações crônicas: linfedema.

 Manzonella ozardi Verme adulto:Mesentério/ Tecido conjuntivo do peritônio .

 Onchocerca volvulos Vive dentro dos nódulos cutâneos .

Diagnóstico  Avaliar história clínica e epidemiologia Métodos Parasitológicos    Métodos Sorológicos Métodos Moleculares  Métodos de Imagem .

Métodos Parasitológicos  Exame à fresco – (20 a 60 µL) .Observação motilidade .Colher durante “pico parasitemia” .3 lâminas por paciente .

.

Alta sensibilidade em altas parasitemias. Gota espessa – (20 à 60 µL) -Observação morfologia -3 lâminas por paciente -Coleta entre 23:00h e 01:00h . .

*Vantagens: -Baixo custo -Simplicidade -Rapidez -Permite visualizar com nitidez características morfológicas importantes para diferenciação (gota espessa). *Desvantagens -Horário de coleta (23h à 01h) -Baixa sensibilidade em baixas parasitemias .

.

.Gota espessa e coloração pela Hematoxilina de Carrazzi.Centrifugação . Concentração de Knott .Microfilárias no sedimento .Diluir 1 parte de sangue em 10 de formalina a 2%. (1/10) .

Morte e imobilização dos parasitos . .Permite identificação de microfilárias em baixas parasitemias.*Vantagens: . .A utilização de aprox. 1ml de sangue aumenta sensibilidade do teste. *Desvantagens: .Formalina permite que o exame seja realizado vários dias após coleta.

. -Filtração do sangue em Membrana de Policarbonato. -Material na membrana é depois corado e observado ao óptico. Membrana de policarbonato -É possível coletar até 10ml de sangue.

Possibilidade de investigar baixas parasitemias.Maior sensibilidade (golden test) .* Vantagens: .Alto custo . *Desvantagens: .

Métodos Sorológicos Pesquisa de Ac está descredenciada Risco de Reações cruzadas com outros Helmintos Pesquisa de Ag: ELISA e ICT .

Utilização de anticorpo monoclonal bovina).Já é comercializado o Kit com Og4c3 . Og4C3 (obtido de filária . ELISA .

*Vantagens: . *Desvantagens .Alto custo . .Reconhece antígenos dos vermes adultos mesmo em amicrofilarêmicos (70%).Colheita da amostra pode ser feita a qualquer hora do dia.Positividade pós-cura .

Bancrofti) .Pesquisa de antígenos dos vermes adultos . Teste de imunocromatografia rápida em cartão .Utilização de anticorpo monoclonal AD12 (obtido da W.

Simplicidade .Alto custo .* Vantagens: .Pode ser feito a qualquer hora do dia *Desvantagens: .Positividade por vários anos .Rapidez (15 min) .

Métodos Moleculares  PCR .Também utilizada no diagnóstico da oncocercose (sensibilidade maior que na noduloctemia) .Não detecta DNA livre .Mais utilizada na monitorização da transmissão no inseto vetor .

Demonstração de vermes adultos (in vivo) em segmentos de vasos linfáticos.“Sinal da dança da filária”  . .Métodos de imagem Ultra-sonografia .

podendo medir diretamente a ação da droga sobre o parasito. .-Diagnostica vermes adultos mesmo em indivíduos amicrofilarêmicos -Contribui para um controle de cura mais eficiente.

Até os anos 1980. bancrofti foi através de:  Identificação de microfilárias (MF) no sangue periférico usando contagem câmera  Filtração por membrana de policarbonato  Método de gota espessa  Técnica de Knott Desvantagens destes métodos:  Baixas sensibilidades (não permite a determinação exata da verdadeira prevalência da infecção). .  Só identificam infecção filaria por meio de microfilaremia  Inconvenientes quanto ao horário de coleta do sangue (pico de microfilaremia ocorre entre 23:00-01:00). a única maneira direta para confirmar um diagnóstico de infecção por W.

. que estão comercialmente disponíveis na forma de kits.  Visualização de vermes adultos vivos (AW). as ferramentas de diagnóstico padrão são US e detecção de CFA. utilizando ultra-som (US)  Detecção de antígeno filarial circulante(CFA ) Atualmente.Nos anos 1990.  PCR para a detecção de DNA filarial. foram feitos avanços significativos no diagnóstico de Filariose linfática (FL) com o surgimento de novas ferramentas de diagnóstico :  Utilização de antígenos recombinantes para a detecção de anticorpos específicos.

consequentemente. Recentes avanços em várias áreas do conhecimento relacionado a FL levaram à utilização de novas abordagens para diminuir a gravidade e impacto da doença.  . A introdução de novas ferramentas de diagnóstico para a detecção da infecção por W. a eliminação da filariose. bancrofti visa abrir novas possibilidades em termos de interromper a transmissão e.

. avaliar o desempenho de novos métodos de diagnóstico é um passo importante para a eliminação da transmissão.Fatores importantes a serem considerados para assegurar a eficiência da triagem e vigilância para filariose bancroftiana são:  Sensibilidade  Especificidade  Rapidez  Simplicidade Portanto.

  Local: na Região Metropolitana do Recife . Amostra: pacientes do sexo masculino com microfilaremia  N: 256 pacientes .

Objetivo: Identificar quais dos métodos é o mais sensível para o diagnóstico da infecção: -Antígeno filarial circulante (CFA): Og4C3ELISA e ICT card test -Ultra-som (US)  .

44%.  .Resultados e Discussão  As sensibilidades das duas técnicas (Og4C3ELISA e ICT card test) para a detecção de CFA (circulação do antígeno filarial) foram semelhantes: ambos com um elevado grau de sensibilidade (96.69 %) . Vermes adultos (AW) vivos não foram detectados em 68 (26.56%) indivíduos através do exame de ultra-som (US). A percentagem de resultados positivos de ultra-sons (US) era 73.

Resultados e Discussão .

Isso se deve provavelmente ao fato de que o verme adulto (AW) pode ser localizado em locais do corpo que não seja genitais masculinos. tais como o escroto (descrito como local preferido de AW).  . O método CFA (antígeno filarial circulante) foi mais sensível do que o método US (ultra-son) na identificação de indivíduos infectados (Tabela I).

III) . principalmente quando a densidade de microfilaremia foi maior do que 100 MF/mL de sangue (Tabelas II . O teste do cartão ICT não conseguiu detectar CFA em nove dos 78 indivíduos com contagem MF menos de 100 MF/mL. mostrou um aumento significativo no nível de antígeno em Og4C3 e na percentagem de testes positivos utilizando o cartão ICT proporcional ao aumento na carga de parasitas.Resultados e Discussão  A relação entre a densidade de MF/mL e os resultados quantitativos e qualitativos dos testes Og4C3 (unidade de ag/mL) e o cartão ICT (positivo/negativo).  . respectivamente.

Resultados e Discussão .

Resultados e Discussão .

Resultados e Discussão

A comparação entre os US e a densidade de MF por mL mostrou que a percentagem de testes nos quais o sinal de movimento das filárias (FDS) poderia ser visto significativamente aumentado em proporção com o número de MF(Tabela IV). Nos pacientes com uma densidade de microfilária > MF 500/mL, AW pode ser visualizado por US em 82,56 % (Tabela IV).

Resultados e Discussão

Resultados e Discussão

CFA é agora considerado uma ferramenta promissora para o diagnóstico de FL, tanto a nível individual e comunitário.

Devido à simplicidade e conveniência deste método, sendo possível realizar o teste utilizando amostras de sangue recolhidas em qualquer altura do dia.

Essa demora poderia contribuir para a má interpretação dos resultados e pode aumentar o número de falsos positivos. Porém. em grandes pesquisas. demora a uma demora na leitura dos resultados.Resultados e Discussão  O cartão ICT.   . tem sido adotado como ferramenta importante para estudos da comunidade e avaliação rápida de endemicidade filarial em programas de controle da filariose bancroftiana: Devido sua simplicidade e precisão. pode ser difícil para examinar as placas.

que sugerem que: .  .A detecção de anticorpos de microfilárias depende da liberação relativa da MF para a corrente sanguínea e a produção de anticorpos contra aqueles MF.Resultados e Discussão Os autores concordam com resultados encontrados por Grove e Davis (1978).

 Local: Cidades de Olinda e Campina Grande. localizadas no nordeste do Brasil  Amostra: pacientes examinados pelo método de gota espessa (TBF) e teste do cartão ICT -Área Endêmica N: 625 pessoas -Área Não-Endêmica N: 110 pessoas .

. A especificidade do teste também foi avaliada em moradores de uma área não endêmica.Objetivo  Avaliar a validade do teste cartão ICT em uma pesquisa realizada em uma área endêmica do Nordeste do Brasil.

Resultados e Discussão .

Resultados e Discussão .

1%) foram positivas pela técnica de gota espessa e 198 (31.7%) pelo teste do cartão ICT (Tabela 2)  Dentre 38 pessoas mf positivo pelo TBF.Resultados e Discussão  Resultados significativos:  38 (6.3%) foram negativas pelo teste do cartão ICT.6%) indivíduos negativos pela TBF foram positivas pelo teste do cartão de TIC (Tabela 1). enquanto 162 (27. 2 (5. .

Resultados e Discussão .

7% (36/38). A sensibilidade global do teste do cartão ICT foi de 94. Os dois falsos negativos eram do sexo feminino na faixa etária 26-39 anos (Tabela 2) . .Resultados e Discussão    Não houve diferença estatisticamente significativa na prevalência de microfilárias ou antigenemia de acordo com a faixa etária (Tabela 2). A prevalência de microfilaremia e antigenemia foram ligeiramente maior no sexo masculino do que do sexo feminino (Tabela 2).

Resultados e Discussão .

1 SD) foram examinados.5%) do sexo feminino com idades entre 10 e 78 anos (média de 39.9 %) foram negativas e 32 (29.Resultados e Discussão Área não endêmica : 110 moradores .5%) do sexo masculino e 71 (64.  Todos os soros foram testados por ELISA Og4C3 e não mostraram valores de densidade óptica (OD) acima do padrão 1 e 2. de acordo com as instruções do fabricante.  Sendo que.6 %) apresentaram uma ligeira marca de rosa na linha de teste que foi interpretado como um resultado positivo.6 ± 5.  . confirmando o estado de infecção negativa. 78 (70. 39 (35.

Resultados e Discussão .

1)  Portanto.  . como mostrado na Figura 1.Resultados e Discussão A especificidade do cartão ICT variou entre 72. com base na prevalência da filariose na população (Fig. uma elevada especificidade para o teste do cartão ICT é obtida apenas quando se assumir uma prevalência da filariose mais de 25%.4% e 100%.

Resultados e Discussão Em termos de custo.  .  No entanto. o TBF tem um preço mais baixo que o teste do cartão ICT. certas características do teste do cartão ICT provou ser extremamente vantajoso: -Alta sensibilidade -Capacidade de oferecer diagnóstico rápido -Sem necessidade de procedimentos laboratoriais complexos -Não há necessidade de técnicos especializados.

  . O uso de tais métodos permitirá que as intervenções sejam direcionados para os indivíduos infectados. que são responsáveis ​pela manutenção da cadeia de transmissão em áreas focais . maior positiva .Resultados e Discussão  Estas características combinadas superou o preço mais baixo do TBF. conseqüentemente. o teste não parece adequado para o acompanhamento e avaliação de programas de controle: devido um número considerável de indivíduos infectados permanecem positivos por mais de dois anos após o tratamento com DEC. justificando assim o seu uso como uma ferramenta de diagnóstico na triagem em áreas endêmicas. torna-se importante utilizar testes com maior especificidade e valor preditivo . tornando-se a mais uma opção global de custo-benefício. Uma vez que a prevalência da filariose tende a cair durante a aplicação das medidas de controle. Por outro lado.

.

Mansonella ozzardi / M. perstans .

disposição dos núcleos caudais e formato da cauda. O método da gota espessa de sangue é o mais confiável. pois permite visualizar com nitidez o espaço cefálico e caudal. que são características morfológicas que diferenciam as espécies de microfilárias sanguíneas que ocorrem no Amazonas. .

.

Med. n. Parasitologia Humana     . Mem. DP e colaboradores. S.org/10. De 2009.104.45.3. Chem. ISSN 00364665. ISSN 00740276. Inst. Parasitologia Clínica NEVES.org/10. Cynthia et al. GA.doi. Comparison of tests for the detection of circulating filarial antigen (Og4C3-ELISA and AD12-ICT) and ultrasound in diagnosis of lymphatic filariasis in individuals with microfilariae.doi. Oswaldo Cruz [online]. Abraham et al. trop. n.1590/S0074-02762009000400015.1590/S0036-46652003000300002. vol. BRAGA.Referências  ROCHA. http://dx.4. pp 125-129. Guia de vigilância epidemiológica e eliminação da filariose linfática – Ministério da Saúde De Carli. vol. Field Evaluation of the Whole Blood Immunochromatographic test for rapid Bancroftian Filariasis Diagnosis in the Northeast of Brazil. http://dx. pp 621-625. Paulo [online]. Inst. 2003.Rev.