You are on page 1of 57

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO

FACULDADE DE MEDICINA
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS EM SAÚDE

INTRODUÇÃO À VIROLOGIA

Prof. Dr. Renata Dezengrini Slhessarenko


HISTÓRIA DA VIROLOGIA
• Primeiras evidências:
• 3700 AC polio
•1157 AC varíola (China e Leste Ásia)
•1000 AC raiva canina na Mesopotâmia
• O holandês voador - Febre Amarela
• 1915 - Felix d´Herelle – bacteriófagos e ciclo
replicativo viral – pai da virologia
• Pasteur:
• a raiva causada por um vírus – “veneno”
• vacina atenuada da raiva (1885)
HISTÓRIA DA VIROLOGIA
• Variolação: China e India (1000 DC)
• Vacinação: Jenner (1796-1801)
• Erradicação: 1979 (OMS)

Múmia de Ramsés V - 1196

(Smallpox and its Eradication; Fenner, Henderson, Arita, Jezek & Ladnyi; World Health Organization, Geneva, 1988, Plate 10.30)
HIV (CDC)

SARSV (ICTV)

Herpes Simplex Virus (ICTV)


Pandoravirus
virus são acelulares,
submicroscópicos, parasitas
intracelulares obrigatórios

• Vírus = agente biológico


• Estrutura física = partícula
viral ou virion, a unidade
CLASSIFICAÇÃO
Taxonomia
Ordem: VIRALES
Família – VIRIDAE Ex: Herpesviridae
Subfamília – VIRINAE Ex: Alphaherpesvirinae
Gênero – virus Ex: Simplexvirus
Espécie: hospedeiro, doença Ex: Vírus do Herpes Simples (HSV)
Tipos – tropismo, sorologia, genética Ex: HSV-1 / HSV-2

International Committee on taxonomy of viruses


ESTRUTURA VIRAL
Adenovírus Retrovírus

Envelope
Genoma
Capsídeo
Proteínas e Glicoproteínas

Enzima
Vírion sem envelope Vírion com envelope
Açúcar
DNA
1. Fita dupla ou fita simples Bases
2. Linear ou circular
3. Contém deoxiribose/Timina
Fosfato P
RNA
1. Fita simples, polaridade positiva ou negativa
- RNA polimerase dependente de RNA
2. Fita dupla, segmentados
3. Açúcar é a ribose, contém Uracila

Positivo
(sense) AUG GCA CGA
mRNA met ala arg
Negativo (proteína)
(anti-sense) UAC CGU GCU
GENOMA VIRAL
DNA RNA
Cadeia Simples + ou -

Cadeia Dupla Segmentado

Cadeia dupla segmentado

Circular
GENOMA VIRAL
Sistema de classificação de Baltimore
• I – DNA de cadeia dupla
• Exemplos: Herpesviridae, Papillomaviridae

• II – DNA de cadeia simples


• Parvoviridae

• III – RNA de cadeia dupla


• Exemplo: Reoviridae

• IV – RNA de cadeia simples, sentido positivo


• Exemplo: Flaviviridae, Picornaviridae, Caliciviridae

• V – RNA de cadeia simples, sentido negativo


• Exemplo: Orthomyxoviridae, Paramyxoviridae, Rhabdoviridae

• VI – RNA de cadeia simples e intermediário DNA


• Retroviridae

• VII – DNA de cadeia simples e intermediário RNA


• Hepadnaviridae
CAPSÍDEO VIRAL
• Único envoltório dos vírus não-envelopados
• Capsídeo capsômeros protômeros

• Genoma+proteínas+ Icosaédrica Helicoidal

capsídeo: nucleocapsídeo

• Vírus segmentados:
capsídeos individuais

• Variedade de proteínas
relacionada ao número de
genes
ESTRUTURA VIRAL – simetria dos capsídeos

 Capsídeo icosaédrico
Vírus DNA (maioria), RNA+, RNA fita dupla
ESTRUTURA VIRAL – simetria dos capsídeos
Capsídeo helicoidal
RNA - e família Coronaviridae (+)
Propriedades
dos vírus não-
envelopados
ENVELOPE VIRAL

• Glicoproteínas: interação com a célula hospedeira


• Proteção do genoma
• Sensibilidade a solventes lipídicos
• Proteção/ evasão de mecanismos de imunidade
Propriedade
dos vírus
envelopados
VIRUS DNA
PARVOVIRIDAE

PAPILOMAVIRIDAE ADENOVIRIDAE

HERPESVIRIDAE

HEPADNAVIRIDAE POXVIRIDAE
VÍRUS RNA
TOGAVIRIDAE
FLAVIVIRIDAE
BUNYAVIRIDAE
REOVIRIDAE
PICORNAVIRIDAE

RHABDOVIRIDAE
ARENAVIRIDAE

CORONAVIRIDAE
PARAMYXOVIRIDAE

ORTHOMYXOVIRIDAE
RETROVIRIDAE
Patogenia no hospedeiro
Portas de entrada
Vias de transmissão

-Transmissão
vertical
transplacentária
e perinatal
-Transmissão
horizontal
contato direto,
contato indireto,
vetores
(biológico e
mecânico)
DISSEMINAÇÃO VIRAL
LOCALIZAÇÃO DAS INFECÇÕES
Papilomavírus (localizada)
LOCALIZAÇÃO DAS
INFECÇÕES

generalizada: vírus da Varicela


•viremia
Mecanismo de produção da doença: padrão das infecções
Sobrevivência dos vírus na natureza

• Variação antigênica
• Infecção subclínica
• Infecção persistente
• Transmissão vertical
• Reservatórios
• Resistência viral
REPLICAÇÃO VIRAL
INTRACELULAR
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
VIRUS RECEPTOR TYPE OF

Receptores na Picornaviridae
MOLECULE

membrana
Coxsackieviruses B1 to B6 Car Ig-like
Hepatitis A virus HAVCr-1 Ig-like, mucin-like
Rhinoviruses Icam-1 Ig-like
celular Coronaviridae
Human-coronavirus OC43 Sialic acid Carbohydrate
Human-coronavirus 229E Aminopeptidase N Protease
Retroviridae
HIV-1 CD4 Ig-like
Feline leukemia virus B Glvr1 Na-dependent phosphate
transport protein
Visna virus MHC class II Ig-like
Herpesviridae
HSV-1, and -2 Heparan sulfate Glycosaminoglycan
Epstein-Barr virus CD21 SCR-like
Human CMV Heparan Sulfate Glycosaminoglycan
HSV-7 CD4 Ig-like
Adenoviridae
Adenovirus A,C,D,E,F Car Ig-like
Adenovirus type 9 V integrins Integrin
Vaccinia virus Heparan sulfate Glycosaminoglycan

-Diferentes receptores/ molécula conservada da célula = susceptibilidade


- VAPS: proteínas virais de ligação
- tropismo e espectro de hospedeiro, penetração, transmissão entre
células… INFECTIVIDADE
Adsorção: exemplos
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
Etapas da replicação viral

Penetração

Fusão Endocitose Outros mecanismos


Fagocitose
Clatrina Caveolina Lipídeos Macropinocitose
Translocação
Transferência
Fusão com a membrana celular
 Vírus que possuem envelope viral
 pH-independentes, proteínas de fusão

Modelo de entrada - HIV

http://institut.cochin.inserm.fr/
Endocitose mediada por clatrina
 pH dependentes
 Orthomyxoviridae e vírus sem envelope: picornavírus, adenovírus, reovírus...
Fusão com a membrana plasmática: pH independentes

Endocitose dependente de pH

Desnudamento e transporte ao núcleo, ex: adenovírus


1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
Transcrição
Síntese de RNA mensageiro, ausente para algumas famílias de vírus (RNA+)

Organizada em fases:
Virus DNA (mais complexos): classes de genes: imediatos, iniciais,
intermediários, tardios
Vírus RNA: dividida em não-estruturais e estruturais

RNA+ RNA- associado a RNApdRNA

Poliproteína RNA+ (RI)


ou mRNA ou

Proteínas
Proteínas
RNA- (RI)
Tradução
 Ribossomos tRNA e aminoácidos celulares
 Reconhecimento do CAP ou IRES
 Somente RNA monocistrônico: poliproteínas ou mRNA
de cada gene
 Mecanismos de subversão da maquinaria celular
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
Replicação do genoma

CITOPLASMA
Maioria dos vírus RNA+ e - Poxviridae

TRANSCRIÇÃO REVERSA
Retroviridae e Hepadnaviridae

NÚCLEO
Maioria dos vírus DNA
Orthomyxoviridae
Replicação de genoma DNA
• DNA fita simples - convertido em DNA fita dupla
• Hepadnaviridae - o RNA é encapsidado e convertido em DNA pela
transcriptase reversa dentro do vírion

• DNA de fita dupla: replicação somente no


sentido 5’- 3’
Replicação do genoma RNA-

Replicação do genoma RNA+


1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
1. ADSORÇÃO
2. PENETRAÇÃO/DESNUDAMENTO ETAPAS DA
- Transporte ao núcleo REPLICAÇÃO
3. EXPRESSÃO GÊNICA VIRAL
- Transcrição de mRNA, tradução de proteínas
4. REPLICAÇÃO DO GENOMA
5. MORFOGÊNESE E EGRESSO
Vírus não envelopados:
formação do capsídeo e
empacotamento do genoma
Morfogênese e egresso do vírus da influenza
(envelopado)
Fases do ciclo
replicativo
intracellular

“In vitro”

Infecção
Eclipse
Latente
Produtiva
Corpúsculos de inclusão
transformação celular, tumores

Apoptose
esgotamento da síntese de proteínas celulares
efeitos não citocidas sobre células especializadas
Referências:

Santos, N.S.O.; Romanos, M.T.V.; Wigg M.D. Virologia Humana.

Flores, E.F. Virologia Veterinária (ciclos replicativos das famílias virais)

CDC: www.cdc.gov/ - index alfabético (doenças, diagnóstico)

Virology online: www.virology-online.com

Viral zone: www.viralzone.expasy.org