You are on page 1of 41

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 A Inglaterra era um dos reinos mais pobres da Europa.
 Economia agrária e voltada para a subsistência (uso
próprio).
 O rei governava junto com os senhores feudais, alto
clero e alguns comerciantes ricos.
 O Parlamento era convocado pelo rei, mas logo era
dissolvido.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 No século XVII houve algumas transformações: O rei
passou a ser comandado pelo Parlamento do qual o rei
também fazia parte.
 Mesmo com o Parlamento, quem tinha o poder eram as
duas Câmaras: Câmara dos Lordes e Câmaras dos
Comuns.
Câmara dos Lordes: alta nobreza, e autoridades da
Igreja Anglicana.
Câmaras dos Comuns: pequenos e médios
comerciantes, artesões ricos, proprietários rurais
ricos conhecidos como gentry.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 Com as mudanças do século XVII, a economia se voltou
cada vez mais para a produção manufatureira e para o
comércio.
 POLÍTICA DE CERCAMENTO
 Os campos da Inglaterra eram usados para a produção
de alimentos. Os camponeses eram donos das terras.
 Haviam as terras comunais, todos tinham o direito de
usar essas terras, mesmo elas estando sob o domínio
dos nobres, reis ou de um proprietário.
 Com o passar do tempo os proprietários rurais ricos
(gentry) começaram a se enriquecer com o comércio.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 POLÍTICA DE CERCAMENTO
 Esses comerciantes ricos (gentry) passaram a pedir as
chamadas cartas de cercamento.
 Com essa carta esses proprietários ricos podiam cercar
as terras comunais e usá-las.
 Com isso muitos camponeses foram expulsos de suas
terras ou obrigados a vende-las.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 O PARLAMENTO E A SOCIEDADE
 Com a aprovação da política de cercamento, houve
uma transformação na sociedade inglesa. A gentry
passaram a comprar terras que antes era usada para a
agricultura para usar na criação de ovelha.
 Esses novos proprietários passaram a compor o
Parlamento. Assim, como alguns comerciantes e donos
de manufaturas, com o intuito de obter lucros e
diminuir os impostos.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 AS REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII
 A rainha Elizabeth I, morreu sem deixar descendentes
diretos. O trono inglês foi assumido pelo seu primo
Jaime VI da Escócia, que subiu ao trono inglês com o
título de Jaime I.
 Durante o reinado de Jaime I, os comerciantes
reclamavam que o rei gastava muito, tinha uma vida
luxuosa e cara.
 As tensões continuou no reinado do sucessor de Jaime
I, Carlos I. Carlos I, tentou dissolver o Parlamento
levando o país a uma guerra civil.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 AS REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII
 A Inglaterra se dividiu em dois territórios, um
comandado pelo Parlamento e o outro comandado
pelo Rei.
 As primeiras batalhas foram favoráveis ao rei, quando
o Parlamento decidiu chamar Oliver Cromwell para
comandar o exército contra o rei.
 Cinco anos depois o rei Carlos I foi vencido na batalha
chamada Revolução Puritana. Começando a república.
INGLATERRA ANTES DA
REVOLUÇÃO
 AS REVOLUÇÕES INGLESAS DO SÉCULO XVII
 Para destruir as bases sociais da realeza, Cromwell
aboliu os domínios feudais e os impostos cobrados
pelos nobres, confiscou as terras do rei. Com isso
Cromwell acabou com o que restava do feudalismo na
Inglaterra.
 A principal medida econômica de Cromwell foi o ATO
DE NAVEGAÇÃO. Essa ato estabelecia que todos os
produtos importados pela Inglaterra deveriam ser
transportados pelos navios ingleses.
A INDUSTRIALIZAÇÃO NA
INGLATERRA
 FATORES QUE FAVORECERAM O PIONEIRISMO INGLÊS:
 Existência de recursos naturais e a intensa exploração
de carvão mineral e minério de ferro, que serão usados
como fonte de energia.
Acumulação de capitais, devido a exploração comercial
de suas colônias (América e África) e a relação comercial
com outros Estados europeus.
Avanços tecnológicos, com a descoberta de diferentes
máquinas como por exemplo a máquina a vapor e a
locomotiva a vapor.
Êxodo rural, devido aos cercamentos e a modernização
agrícola.
A INDUSTRIALIZAÇÃO NA
INGLATERRA
 FATORES QUE FAVORECERAM O PIONEIRISMO INGLÊS:
 A mão-de-obra disponível em abundância (desde a Lei
dos Cercamentos de Terras), pois havia uma massa de
trabalhadores procurando emprego nas cidades inglesas
do século XVIII.
A Revolução Gloriosa que possibilitou estabilidade política
e desenvolvimento econômico.
A burguesia inglesa tinha capital suficiente para financiar
as fábricas, comprar matéria-prima e máquinas e
contratar empregados.
O mercado consumidor inglês também pode ser
destacado como importante fator para o pioneirismo.
A NTES DAS FÁBRICAS :
O ARTESANATO

 Uma só pessoa fazia todo o trabalho.


 O artesão conhecia o processo de fabricação do produto
por completo.
 O artesão dominava toda a linha de montagem e
fabricação do produto que ele fazia.
 Costumavam a trabalhar sozinho, porém podiam ter
auxiliares ou aprendizes.
 A produtividade era baixa, atendiam apenas os
mercados locais.
 O custo da produção artesanal era alto.
A NTES DAS FÁBRICAS :
O SISTEMA DOMÉSTICO
 O aumento do comércio no final da Idade Média, levou
os empresários a buscarem de aumentar a produção
bem como facilitar seu acesso a mercados mais longe,
surgiu assim o Sistema Doméstico de produção.
 Nesse tipo de produção, um empresário compra a
matéria-prima levava para o artesão e encomendava o
produto.
 Ao receber o produto o empresário que encomendou
poderia revende-lo pelo preço desejado.
A NTES DAS FÁBRICAS :
MANUFATURA

 As manufaturas, possibilitou o aumento a produção e o


controle sobre os trabalhadores.
 Os artesões se reunião em grandes galpões onde
trabalhavam com matérias-primas e ferramentas que
pertenciam aos patrões.
 Depois de uma longa jornada de trabalho, os artesões
recebiam um salário fixo.
 Com a manufatura, a divisão do trabalho no interior das
oficinas tornou os artesões especialistas em uma só
etapa da produção.
E RA DAS FÁBRICAS :
M AQUINOFATURAS
 O termo indústria significa transformar qualquer
matéria-prima em produto.
 Durante a maquinofaturas, ocorreu o uso de máquinas e
com isso o aumento da produção e a velocidade da
produção.
 Nas fábricas o papel dos operários passou a ser de
operar as máquinas e garantir seu bom funcionamento
(manutenção).
 Os operários perderam seu próprio tempo de trabalho,
já que eles deviam trabalhar em um ritmo imposto pelo
dono da fábrica (Burguesia).
E RA DAS FÁBRICAS :
M AQUINOFATURA
 Na maquinofatura, o conhecimento que os operários
tinham de uma etapa da produção (manufatura) ou de
todas as etapas de produção (artesanato) ficou
dispensável, pois o trabalho deveria apenas operar as
máquinas.
 Para os proprietários (burgueses) as máquinas
representavam uma conquista, aumento de produção e
consequentemente um maior lucro.
E RA DAS FÁBRICAS :
O S T RANSPORTES
 Criação do barco a vapor e da locomotiva a vapor.
 A locomotiva facilitou o transporte de pessoas, matérias-
primas e mercadorias, impulsionou a economia e permitiu
a conquista de novos mercados.
E RA DAS FÁBRICAS :
A S OCIEDADE I NDUSTRIAL
 Duas classes sociais surgiram com a implantação das
indústrias na Inglaterra.

Burguesia

Operários ou
Proletariados
E RA DAS FÁBRICAS :
A S OCIEDADE I NDUSTRIAL
 BURGUESIA: eram a classe capitalista, ou seja, a classe rica,
dona das fábricas e das máquinas. Alguns burgueses eram
ainda donos de Bancos, de terras e outros bens.
 A burguesia estava sempre em busca do lucro e o menor
custo.
LUCRO CUSTO

- Mão de obra
- Fonte de energia
E RA DAS FÁBRICAS :
A S OCIEDADE I NDUSTRIAL
 OPERÁRIOS: também chamados de proletariados, é a
classe dos trabalhadores assalariados das fábricas. Eles
vendiam sua força de trabalho em troca de um salário fixo.
 Os operários eram submetidos a uma forma desumana de
trabalho. As fábricas eram sujas, úmidas e escuras. As
jornadas de trabalhos eram longas e os intervalos para
alimentação era curtos.
 Recebiam baixos salários para os homens e mais baixo
ainda para mulheres e crianças.
 Essa classe era punidas pelos proprietários da fábrica caso
fizesse algo errado.
E RA DAS FÁBRICAS :
A S C RIANÇAS NAS F ÁBRICAS
 No início da Revolução Industrial, o trabalho de crianças de
6 anos de idade era muito comum.
 Os patrões incentivavam esse tipo de trabalho pelo falo so
salário pagos a eles serem baixos (lembre-se que a
burguesia queria gastar menos) e as crianças tendiam a ser
mais obedientes.
 As horas de trabalho podiam ser extensas como as dos
adultos.
 Muitas crianças chegavam a morar na própria fábrica.
 HOJE EM DIA QUALQUER TRABALHO INFANTIL É CRIME.
E RA DAS FÁBRICAS :
A O RGANIZAÇÃO DOS
T RABALHADORES
 No início da Revolução Industrial, os operários não tinham
nenhum direito trabalhista.
 As primeiras associações de trabalhadores apareceu no
final do século XVIII. Os operários perceberam que unidos
poderiam ter chances de conseguir melhores salários e etc.
 Os primeiros protestos dos trabalhadores, visavam quebrar
as máquinas das fábricas. Quebrando as máquinas eles
paralisavam a produção e protestavam contra as péssimas
condições de trabalho.
 Esse primeiro protesto ficou conhecido como LUDISTA.
E RA DAS FÁBRICAS :
A O RGANIZAÇÃO DOS
T RABALHADORES
 Esse movimento ludista (quebra de máquinas) deu a
formação dos trade unios (os sindicatos).
 O governo inglês pressionado pela burguesia proibiu a
formação de sindicatos. Para os proprietários de fábrica
não era bom ter esses levantes.
 Os sindicatos continuaram de forma clandestina, fazendo
as denuncias contra as péssimas condições de trabalho,
baixo salário, jornadas longas de trabalhos etc.
 A classe operária além de não ter direitos trabalhistas, não
participava da vida política e eleitoral da Inglaterra.
 Com isso um grupo de operário redigiu uma declaração
que ficou conhecida como CARTA DO POVO.
E RA DAS FÁBRICAS :
A O RGANIZAÇÃO DOS
T RABALHADORES
 A Carta do Povo, exigia igualdade de direitos eleitorais para
todas as classes, representação operária no Parlamento,
voto universal masculino, voto secreto e pagamento de
salário para os parlamentares.
 A Carta do Povo chegou no Parlamento que não aceitou as
reivindicações, aumentando ainda mais a tensão na classe
operária.
 O Movimento Cartista como ficou conhecido, organizou
novas greves e protestos apresentando novas exigências
como aumento do salário e redução da jornada de
trabalho.
E RA DAS FÁBRICAS :
A S C IDADES
 As CIDADES nesse período tinham as seguintes
características:
Populosas e povoadas;
Ruas estreitas, sem planejamento;
Moradias precárias e inadequadas (cortiços);
Falta de saneamento básico.
(UEL) Um fator que contribuiu decisivamente para o
processo de industrialização na Inglaterra do século
XVIII foi:
a) a acumulação de capital resultante da exploração
colonial praticada pela Inglaterra através do comércio.
b) a concorrência tecnológica entre ingleses e
americanos, que estimulou o desenvolvimento
econômico.
c) a expulsão das tropas napoleônicas do território
inglês, que uniu os interesses nacionais em torno de
um esforço de desenvolvimento.
d) o movimento ludista na Inglaterra com a destruição
das máquinas consideradas obsoletas, ao incentivar a
invenção de novas máquinas.
e) a abertura de mercados na Alemanha e na França
para a Inglaterra, por meio de um acordo comercial
conhecido por Pacto de Berlim.
(UEL) O que foi a revolução industrial?
A. Conjunto de mudanças profundas no modo dos
humanos viverem, se relacionarem e produzirem
mercadorias.
B. Movimento de ideias e que continua influenciando
o mundo atual, que ocorreu na Europa a partir do
século XVII.
C. Governo de um francês chamado Napoleão
Bonaparte, que se tornou o homem mais poderoso
de seu tempo.
D. Processo de independência política na América
espanhola e no Brasil, que envolveram muita luta.
E. Excursões de milhares de pessoas das mais
diversas origens e condições sociais vindas de
Portugal e outras partes do Brasil em busca do
ouro e pedras preciosas.
(UEL) A revolução industrial favoreceu o
desenvolvimento do ___.
A. Iluminismo
B. Capitalismo
C. Absolutismo
D. Evolucionismo
E. Pioneirismo inglês
(UEL) Quais os dois tipos de transportes que foram
fundamentais para a Revolução Industrial?
A - Transporte marítimo (através dos navios a vapor) e
transporte ferroviário (locomotivas a vapor).
B - Transporte aéreo (aviões e helicópteros) e
transporte ferroviário (locomotivas a vapor).
C - Transporte marítimo (através dos navios a vapor) e
transporte veicular (automóveis e caminhões).
D - Transporte aéreo (aviões e helicópteros) e
transporte animal (bois, cavalos, etc).
(UEL) Sobre a condição de vida dos operários
(trabalhadores das fábricas) na época da Revolução
Industrial é correto afirmar que:
A - Tinham apenas férias remuneradas como direito
trabalhista, podiam se organizar livremente em
sindicatos, recebiam salários justos que lhes permitiam
viver de forma digna.
B - Eles não tinham direitos trabalhistas, trabalhavam
muito e ganhavam pouco, o ambiente de trabalho
apresentava péssimas condições.
C - Trabalhavam apenas 5 dias por semana, recebiam
vários benefícios trabalhistas, tinham um ambiente de
trabalho em boas condições.
D - Recebiam salários baixos, enfrentavam duras
jornadas de trabalho, não apresentavam problemas de
saúde relacionados ao trabalho.
(UEL) Um dos principais movimentos trabalhistas
contra as péssimas condições de trabalho na
Revolução Industrial ficou conhecido como Ludismo.
Qual das alternativas abaixo explica melhor este
movimento?
A - Os ludistas buscavam negociar melhores condições
de trabalho com os donos das indústrias.
B - Os ludistas protestavam através de passeatas e
outras manifestações pacíficas contra as condições de
trabalho dos operários.
C - Os ludistas buscavam, através das eleições, eleger
representantes do movimento para lutar pelas causas
trabalhistas.
D - Também conhecidos como "quebradores de
máquinas", os ludistas invadiam fábricas e quebravam
as máquinas numa forma de protesto e revolta com
relação às péssimas condições de trabalho enfrentadas
pelos operários.
(UEL) No filme Tempos modernos de Charles Chaplin,
o filme retratava um trabalho que se realizava com
ênfase nas antigas fábricas que era um trabalho em
que ele só apertava porcas continuamente. Este tipo
de trabalho pode ser visto hoje em dia, qual este tipo
de trabalho?
A. Trabalho assalariado
B. Trabalho em série
C. Trabalho sem salário
D. Trabalho desagradável
E. Trabalho manual
(MACKENZIE 2014) Tendo como base de análise a
figura e os aspectos que definiram a primeira
revolução industrial, considere as afirmativas a seguir:
I. Inicia-se nas últimas décadas do século XVIII e estende-se
até meados do século XIX. A invenção da máquina a vapor e
o uso do carvão como fonte de energia primária marcam o
início das mudanças nos processos produtivos.
II. O Reino Unido foi o primeiro país a reunir condições
básicas para o início da industrialização devido à intensa
acumulação de capitais no decorrer do Capitalismo
Comercial.
III. Os mais destacados segmentos fabris desta fase foram o
têxtil, o metalúrgico e o de mineração.
IV. As transformações produtivas desta fase atingiram
rapidamente outros países como a Alemanha, França e
Estados Unidos ainda no Século XVIII recrutando operários
com salários atrativos promovendo, assim, um intenso
êxodo rural.
Estão corretas,
a) apenas I, II e III. b) apenas I, II e IV.
c) apenas II, III e IV. d) apenas I, III e IV.
e) I, II, III e IV.